(Superliga) Sada/Cruzeiro supera EMS Taubaté/Funvic e diminuiu desvantagem na série semifinal

Contando com o apoio do torcedor no ginásio do Riacho, em Contagem, o Sada/Cruzeiro venceu o EMS Taubaté/Funvic por 3 sets a 0, parciais de 25/20, 25/19 e 25/17, no terceiro jogo da série melhor de cinco das semifinais da Superliga 2017/2018. Agora o confronto está 2 a 1 para o time do Vale do Paraíba e o quarto duelo ocorre na próxima terça-feira, às 19h, no ginásio Abaeté. 

Otávio abriu o placar da partida para o EMS Taubaté Funvic e, em passagem de Leal pelo saque, o Sada Cruzeiro virou o jogo e abriu grande vantagem, chegando a 7 a 3. Neste momento, Castellani pediu tempo. Na volta Isac fez mais um e 8 a 3. Quando o placar foi a 10 a 4, o técnico do Taubaté parou o jogo de novo. Com Leal, 12 a 5. A equipe visitante reagiu e, no ace de Ivovic, reduziu a desvantagem para 10 a 13. Marcelo Mendez pediu tempo. Quando voltou, Wallace levantou para Otávio e o EMS Taubaté Funvic marcou 11 a 13. Wallace deixou tudo igual: 13 a 13. Depois de bom saque de Otávio, Solé pontuou e colocou o time paulista em vantagem (15 a 14). O Sada Cruzeiro voltou a pontuar e, no ace de Uriarte, fez 18 a 15. No bloqueio de Evandro, o time da casa chegou a 21 a 15. Com ace de Dante, 18 a 21. Melhor no primeiro set, o Sada Cruzeiro venceu por 25 a 20. 

Uriarte abriu o segundo set na bola da segunda. Dante fez 2 a 2. O set esteve igual novamente em 4 a 4. Com Otávio, o EMS Taubaté Funvic chegou mais uma vez ao empate: 6 a 6. O Sada Cruzeiro abriu vantagem em 8 a 6. No ponto de saque de Simon, o time da casa chegou a 10 a 7. O placar ainda foi a 11 a 7 e Castellani pediu tempo. Quando o adversário abriu seis de vantagem, o treinador do time paulista parou o jogo novamente. Com Leal passando bem pelo saque, o Sada Cruzeiro ainda fez 17 a 10. No erro do adversário, os donos da casa abriram boa vantagem: 20 a 13. No bloqueio de Evandro, o Sada chegou a 22 a 14. Com Wallace bem no saque, o time visitante marcou 17 a 22 e Mendez pediu tempo. No final, Evandro fechou em 25 a 19. 

No ponto de saque de Uriarte, o Sada Cruzeiro abriu vantagem de 4 a 2 logo no começo da terceira parcial. Os donos da casa seguiram dominando a partida e, quando fizeram 9 a 5, forçaram Daniel Castellani a pedir tempo. A diferença a favor do Sada Cruzeiro ampliou no ponto de saque de Simon: 14 a 8. Neste momento, o treinador do Taubaté parou o jogo. Em outro grande saque, desta vez com Uriarte, o Sada Cruzeiro marcou 16 a 9. Com oito de vantagem, o time mineiro fez 18 a 10. Sem dar chances ao adversário, os cruzeirenses marcaram 21 a 14. Quando Ivovic emplacou bem no saque, Taubaté fez 16 a 22. Mas, o Sada Cruzeiro não deixou o adversário reagir e fechou em 25 a 17. 

“Precisávamos de três jogos para ganhar e esse foi o primeiro. Não conseguimos jogar tão bem nos dois primeiros e o time deles é muito qualificado. Hoje nosso jogo fluiu melhor e o deles nem tanto. Agora vamos fazer alguns ajustes para tentar fazer outra partida como essa na casa deles. Hoje entramos em quadra com mais garra, mordidos, pois perder os dois primeiros doeu”, afirmou o oposto Evandro, eleito o melhor em quadra. 

“Não estávamos contentes com o nosso jogo, não saía nada como queríamos e sabíamos que tínhamos que ganhar para seguir. Nos preparamos muito para sair desse momento difícil e as coisas começaram a fluir mais. Fico muito feliz e agora temos mais uma batalha”, comentou o levantador Uriarte. 

“Nada seria fácil. Tínhamos conhecimento de como eles jogam, hoje jogaram na característica deles e não soubemos segurar o ponto forte deles. Mas, é uma série longa e bastante difícil. Agora é voltar, descansar e preparar para o próximo jogo. Nós temos jogadores experientes, acostumados com esse tipo de partida, de pressão. Uma derrota como essa serve de lição, de aprendizado, mas o jogo está em aberto. Está 2 a 1 para o nosso time ainda”, disse o ponteiro Dante. 

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Uriarte, Evandro, Isac, Simon, Leal, Filipe e Serginho (líbero)
entraram: Fernando Cachopa e Alemão
técnico: Marcelo Mendez

EMS Taubaté/Funvic: Rapha, Wallace, Solé, Otávio, Dante, Ivovic e Thales (líbero)
entraram: Renan, Madaloz e Matheus
técnico: Daniel Castellani

foto: Renato Araújo/Sada Cruzeiro

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Robinho acerta ida para o voleibol português e jogará no novo time do Sporting

Sem apoio e problemas de estrutura, Rádio Clube/AVP decide fechar as portas

Apresentação do Corinthians/Guarulhos deve ocorrer na próxima terça-feira