(Superliga) Sada/Cruzeiro derrota EMS Taubaté/Funvic e leva série semifinal para 5º e decisivo jogo

Mesmo jogando no ginásio Abaeté, o Sada/Cruzeiro foi para cima do EMS Taubaté/Funvic e venceu por 3 sets a 0, parciais de 25/23, 27/25 e 25/20, no quarto duelo da série semifinal da Superliga 2017/2018. Com o resultado o confronto está empatado em 2 a 2 e tudo ficou para a quinta e decisiva partida, que está marcada para a próxima sexta-feira, às 21h30min, no ginásio do Riacho, em Contagem. 

Leal abriu o jogo para o Sada/Cruzeiro. No ace de Ivovic, o EMS Taubaté Funvic virou o jogo, fazendo 2 a 1. Com outro ponto de saque do ponteiro sérvio, o time da casa chegou a 4 a 1. Otávio ainda fez 5 a 1, forçando Marcelo Mendez a pedir tempo. O time mineiro buscou e, com Leal pontuando bem, empatou em 5 a 5. Com três pontos seguidos de saque de Otávio, Taubaté voltou a abrir vantagem (9 a 5). Com Solé, o EMS Taubaté Funvic chegou a 11/7. No bloqueio de Simon, o time cruzeirense aproximou no placar em 11 a 13. Simon encostou em 12 a 13. No ponto de saque de Filipe, 14 a 14. Castellani pediu tempo. O set seguiu igual em 18 a 18. No ponto de saque de Isac, o Sada Cruzeiro marcou 20 a 18. Taubaté encostou em 20 a 21. O time visitante seguiu melhor na reta final do set e fez 24 a 21. O EMS Taubaté Funvic encostou em 23 a 24 e Marcelo Mendez parou o jogo. Na volta, o Sada Cruzeiro fechou em 25 a 23. 

O segundo set começou igual, com as equipes empatando em 2 a 2 e depois em 5 a 5. No erro do adversário, o Sada Cruzeiro abriu três de vantagem: 8 a 6. O EMS Taubaté Funvic encostou no placar em 8 a 9. No bloqueio de Rapha, o time da casa deixou tudo igual (10 a 10). O marcador seguiu igual em 12 a 12. No ponto de saque de Simon, a equipe cruzeirense abriu dois em 15 a 13. Quando Isac marcou 16 a 13, o técnico do time da casa pediu tempo. Taubaté reagiu e, em boa passagem de Otávio pelo saque, virou o set, fazendo 17 a 16. Foi a vez de Marcelo Mendez parar o jogo com pedido de tempo. Na volta, bloqueio de Solé e 18 a 16. Ainda com Otávio no saque, os donos da casa chegaram a 19 a 16. Wallace marcou 21 a 18. Com mais um bloqueio de Rapha, o EMS Taubaté Funvic chegou a 23 a 19. O Sada fez 21 a 23 e Castellani pediu tempo. Na volta, Leal pontuou e o time mineiro encostou em 22 a 23 e ele também fez 23 a 23. Empate novamente em 25 a 25. Evandro fechou o set em 27 a 25. 

O Sada Cruzeiro começou melhor e logo abriu 5 a 2 no começo do terceiro set. Neste momento, o técnico do EMS Taubaté Funvic pediu tempo. Em boa passagem de Uriarte, o time visitante ainda chegou a 7 a 2. Castellani queimou seu segundo pedido de tempo. Com Simon, o Sada Cruzeiro chegou ao dobro de pontos: 10 a 5. No bloqueio de Filipe, o time celeste marcou 13 a 5 e, no lance seguinte, ponto de saque de Evandro: 14 a 5. A vantagem ainda chegou a 10 de vantagem em 15/5. O EMS Taubaté Funvic demonstrou poder de reação e fez 12 a 18. O Sada Cruzeiro marcou 20 a 14 e, depois 21 a 15. O grupo da casa pontou melhor e, no ace de Solé, fez 18 a 21. Mas, melhor em quadra, o Sada Cruzeiro fechou o terceiro e último set por 25 a 20. 

“É uma série de cinco jogos. Hoje jogamos bem, a nossa equipe está bem focada, concentrada e esse é o espírito do nosso time, que vem ganhando há muito tempo, com jogadores conscientes. Eles jogaram muito bem nos dois primeiros jogos e nos soubemos ter tranquilidade. Agora tem o quinto jogo e tudo está em aberto. Hoje, a nossa equipe está de parabéns”, afirmou o ponteiro Filipe. 

“Taubaté teve oportunidade de chegar a final e nós estávamos com a corda no pescoço. Os dois times são muito bons, vamos para o quinto jogo e que vença o melhor. Nós chegamos forte para essa partida. Não esperávamos perder o primeiro em casa, mas depois o time reencontrou nosso melhor jogo e tudo pode acontecer na próxima sexta-feira”, garantiu o líbero Serginho. 

“Fomos superados especialmente no saque. Eles sacaram muito bem. Antes de começar a série, ninguém imaginava o quinto jogo e contra o Sada Cruzeiro é assim. Eles podem jogar um, dois jogos mal, mas têm um potencial enorme. E nós temos que jogar no limite da possibilidade. Hoje não foi, mas ainda tem outro jogo”, concluiu o técnico Daniel Castellani. 

Equipes:

EMS Taubaté/Funvic: Rapha, Wallace, Solé, Otávio, Ivovic, Dante e Thales (líbero)
entraram: Madaloz e Ruiz
técnico: Daniel Castellani

Sada/Cruzeiro: Uriarte, Evandro, Simon, Isac, Filipe, Leal e Serginho (líbero)
entrou: Rodriguinho
técnico: Marcelo Mendez

foto: Rafinha Oliveira/EMS Taubaté Funvic

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio