(Superliga) Podendo ser decisivo, Sesc-RJ e Sesi-SP fazem terceiro jogo neste sábado à tarde

A série semifinal da Superliga 2017/2018 entre Sesc-RJ e Sesi-SP chega a um momento decisivo. Com 2 jogos a 0 a favor, a equipe paulistana estará na decisão se vencer mais uma vez neste sábado, às 15h. Por outro lado, o time carioca tem a chance de jogar ao lado da sua torcida, na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro, e reduzir a desvantagem na série melhor de cinco jogos. A partida será transmitida ao vivo pelo SporTV e pela RedeTV!. 

Após perder dois jogos da série, o Sesc-RJ precisa de qualquer maneira vencer o terceiro duelo se pretende permanecer na competição. A seu favor, a equipe carioca contará com o apoio do torcedor, sendo que a expectativa é de mais um duelo equilibrado e definido nos detalhes. Para mudar o rumo do confronto, todos os comandados de Giovane Gavio acreditam na força do grupo. 

“Estamos muito motivados para esta partida, que se tornou ainda mais decisiva. Temos fé no nosso trabalho e condições de reverter a série. Trabalhamos e estudamos as partidas para identificar, corrigir e estabelecer uma estratégia que nos possibilite a vitória”, afirmou o líbero Tiago Brendle. 

Mesmo com 2 a 0 na série, o pensamento no Sesi-SP é que não há definição alguma. Com jogadores experientes na equipe e conhecendo o adversário, o discurso é de foco total, ou seja, de concentração a cada jogada pelo fato dos cariocas precisarem do resultado. A vantagem de estar bem no confronto pode servir para os comandados de Rubinho imprimirem um ritmo forte, principalmente no saque, onde arriscariam mais. 

“Não tem nada definido. Nosso time está treinando para cinco jogos. Claro que queremos vencer no sábado, mas não será fácil. Eles estarão em casa mais uma vez, vão entrar com garra e por isso o jogo fica mais perigoso. É o momento de termos foco”, disse o ponteiro Lipe. 

Equipes:

Sesc-RJ: Thiaguinho, PV, Maurício Borges, João Rafael, Thiago Barth, Maurício Souza e Tiago Brendle (líbero)
técnico: Giovane Gávio

Sesi-SP:
William, Alan, Lipe, Douglas Souza, Gustavão, Lucão e Murilo (líbero)
técnico: Rubinho

foto: Marcos de Paula/RJ

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sem apoio e problemas de estrutura, Rádio Clube/AVP decide fechar as portas

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata