(Superliga B) Ribeirão Preto e Blumenau fazem jogo definitivo por vaga na elite e um lugar na final

O complexo da Cava da Bosque recebe neste sábado, às 17h, o terceiro duelo da série melhor de três entre São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão e Apan/Blumenau/Esferatur, pelas semifinais da Superliga B. Com uma vitória para cada lado, em seus domínios, quem vencer agora fica tanto com a vaga na decisão quanto garante um lugar na elite nacional na temporada 2018/2019. 

Após perder a primeira partida em Santa Catarina, o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão se recuperou e venceu na última quinta-feira contando com o apoio do seu torcedor. Com jogadores experientes no elenco, como o levantador Jotinha, o oposto Leozão e o central Giovanni, o técnico Marcos Pacheco espera que a equipe controle a ansiedade devido ao clima de decisão do confronto. 

“Temos que ter os pés no chão e cabeça focada. Não tem nada ganho (...) Os dois confrontos mostraram porque as duas equipes chegaram nesta fase da competição. Lá em Blumenau eles foram mais competentes e aqui, no primeiro jogo em Ribeirão Preto, conseguimos ser mais competentes. Fizemos uma excelente partida, mas isso não quer dizer nada. Agora, sábado, temos que repetir a atuação, manter o nível de atenção e buscarmos a vitória”, disse o treinador Marcos Pacheco. 

“Temos que encarar como uma final. Fizemos um ótimo jogo na quinta-feira, mas isso ficou no passado. Entraremos com o mesmo espírito de luta e determinação, para fazermos um ótimo jogo, focados na vitória”, declarou o líbero Fabio Paes. 

Pelo lado da Apan/Blumenau/Esferatur, o momento é corrigir o que se apresentou de errado na última quinta-feira, de olho no desempenho apresentado no primeiro confronto da série. O técnico André Donegá sabe da importância para o projeto de retornar a elite nacional, mas entende que para isso a equipe precisa entrar 100% concentrada em cada lance, ainda mais diante de um adversário qualificado. 

“O jogo de quinta-feira passada foi digno de uma semifinal, contudo a equipe da Apan/Blumenau teve muita dificuldade no sistema de recepção e no ataque. Precisamos buscar soluções e surpreender o adversário. O confronto continua aberto e sabemos que podemos vencer”, afirmou o técnico André Donegá. 

foto: Rubens Okamoto/CCS

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Robinho acerta ida para o voleibol português e jogará no novo time do Sporting

Sem apoio e problemas de estrutura, Rádio Clube/AVP decide fechar as portas

Apresentação do Corinthians/Guarulhos deve ocorrer na próxima terça-feira