Algumas palavras de agradecimento a Dante e André Nascimento

Demorou um pouco, mas resolvi falar sobre as despedidas das quadras de Dante (na sexta-feira à noite) e de André Nascimento (no sábado à tarde). Apaixonado por voleibol não posso deixar de comentar sobre duas pessoas, que além de atletas são exemplos de perseverança, cavalheirismo e sucesso. Entre vitórias, derrotas, medalhas, lesões e muito treino, eles mostraram que é possível chegar ao topo do voleibol trabalhando firme e com respeito a todos os profissionais envolvidos no esporte. 

Um líder nato, assim podemos indicar Dante, que seja nos times em que atuou ou na Seleção Brasileira conseguia através de suas palavras ser ouvido em momentos de pura adrenalina em meio a uma partida. De um jogador forte no ataque, atuando como oposto, a um ponteiro-passador soube se adaptar as necessidades das equipes onde jogava e também ao seu corpo, que nas últimas temporadas já sentia as conseqüências de tanto sacrifício. 

“Chegou a hora. Queria agradecer a todo mundo, jogadores, técnicos, só tenho agradecimento a todos pelo suporte. Neste momento começa a passar algum filme na cabeça, todas as conquistas que tive, as derrotas, onde crescemos muito, me lembro saindo de Itumbiara, indo para Goiânia para começar a carreira. Parece que foi ontem. É inacreditável como o tempo passa rápido. Agora estou aqui encerrando minha carreira. Espero ter deixado algum legado, especialmente para as crianças”, disse Dante. 

No caso de André Nascimento, também conhecido como Canha, o jeito tímido e as vez calado contrastava com a ‘bomba’ que vinha de sua esquerda poderosa. Em Atenas/2004 era mais uma das ‘feras’ comandada por Bernardinho, mas também era um ponto de desafogo para a equipe verde e amarela em momentos difíceis, algo que Ricardinho sabia ler como poucos. 

“Eu já vinha me preparando realmente para este momento. Estou feliz. Este projeto tão legal que me abraçou neste momento de transição. Eu tive esta oportunidade de estar aqui após minha longa carreira e em pouco tempo de projeto conseguimos o acesso à elite do vôlei, isto me deixa muito satisfeito. E estou muito agradecido por tudo”, afirmou André Nascimento. 

Sem me alongar muito digo que tanto Dante quanto André Nascimento fizeram parte de uma geração que encantou o Brasil e o mundo através do voleibol, mas também são duas pessoas que entenderam o significado e a importância de ser exemplo para quem vem na sequência, seja em quadra ou fora dela. O Espaço do Vôlei agradece aos dois por todos esses anos de dedicação ao esporte e a atenção que eles deram ao público e, principalmente, nós jornalistas. 

foto: Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sem apoio e problemas de estrutura, Rádio Clube/AVP decide fechar as portas

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata