(Superliga) Em jogo bem disputado, Sesi-SP leva a melhor sobre o Sesc-RJ

No encerramento da fase classificatória da Superliga 2017/2018, o Sesi-SP derrotou o Sesc-RJ por 3 sets a 1, parciais de 20/25, 25/23, 25/21 e 25/20, dentro da Jeunesse Arena. Com a vitória, o time paulistano chegou aos mesmo 49 pontos dos cariocas, porém não conseguiu ultrapassar os comandados de Giovane Gavio, que terminaram na vice-liderança enquanto a equipe de Rubinho foi a 3ª colocada. 

João Rafael abriu o placar da partida para o Sesc RJ. O time da casa seguiu a frente e, com Douglas Souza, o Sesi-SP empatou em 4 a 4. Maurício Souza marcou 7 a 6 para o time da casa. No bloqueio do centra, o placar foi a dois: 9 a 7. Alan conseguiu bom saque e o Sesi-SP deixou tudo igual em 10 pontos. Os donos da casa voltaram a ter vantagem em 14 a 12. No bom saque de João Rafael, os donos da casa abriram três (18 a 15) e Rubinho pediu tempo. Maurício Borges marcou 21 a 17. Em boa passagem de Douglas pelo saque, o Sesi-SP encostou em 20 a 21. A partir daí, o Sesc RJ passou a pontuar mais e, no ace de Maurício Borges, fechou em 25 a 20. 

A segunda parcial começou com equilíbrio, com as equipes empatadas em 2 a 2. Com João Rafael pelo fundo meio, o Sesc RJ marcou 4 a 3. O Sesi-SP reagiu e comandou o placar em 6 a 5. A equipe da casa virou mais uma vez e fez 9 a 8. O time visitante abriu dois de diferença em 14 a 12 e Giovane pediu tempo. No ace de Thiaguinho, o Sesc RJ empatou em 14 a 14 e no bloqueio de Tiago Barth assumiu o comando do marcador. O set ficou igual novamente: 18/18. Com PV, o time carioca marcou 20 a 19 e, no ace de João Rafael, 21 a 19. Rubinho pediu tempo. A equipe de São Paulo encostou e Maurício Borges fez 22 a 21. No bloqueio de Franco, o Sesi-SP marcou 24 a 23 e, no erro do adversário, fechou em 25 a 23. 

O terceiro set começou melhor para o time da casa, que fez 4 a 3. Douglas Souza atacou e em uma pipe marcou 7 a 7. No bloqueio de Gustavão, o Sesi-SP assumiu o comando do marcador no lance seguinte. O visitante ainda marcou 11 a 9. Quando o placar foi a 13 a 10, Giovane Gávio pediu tempo. A vantagem paulista seguiu em três pontos em 15 a 12. O set ganhou equilíbrio mais uma vez em 15 a 15. No bloqueio de Lucão, o Sesi-SP marcou 19 a 17. Com mais um ponto de Lucão no bloqueio, o time visitante chegou a 23 a 17. O Sesc RJ reagiu, fez 21 a 24, e Rubinho pediu tempo. Na bola de segunda de William, o Sesi-SP fechou em 25 a 21. 

O Sesi-SP esteve melhor também no início do quarto set. Apesar de o Sesc RJ ter aberto o placar com ponto de bloqueio de João Rafael, o time visitante virou, fez 3 a 1, e Giovane pediu tempo. O Sesi-SP ainda chegou a 6 a 1. Giovane fez três alterações no time. O grupo reagiu e fez 4 a 6. O time paulista, então, voltou a pontuar bem e, em boa sequência de Lipe pelo saque, fez 11 a 4. O técnico da casa pediu tempo. Na volta, mais dois pontos de saque de Lipe e 14 a 4. Com dois bloqueios seguidos, de Tiago Barth e Japa, o Sesc RJ fez 9 a 14 e foi a vez do Sesi-SP pedir tempo. O time da casa fez 14 a 17. Com ponto de bloqueio de Gustavão, o Sesi-SP chegou a 20 a 13. No ace de Levi, o Sesc RJ marcou 17 a 21. PV ainda marcou 18 a 21 e Rubinho pediu tempo. Os visitantes tiveram três de vantagem em 22 a 18 e fecharam em 25 a 20. 

“Tentei jogar bem e da melhor forma possível para ajudar o time. Estávamos precisando dessa vitória para melhorar nossa classificação e conseguimos. Acredito que o time jogou bem. Treinamos bastante para esse confronto essa semana e deu certo”, disse o oposto Alan. 

“Nessa altura do campeonato não tem favorito, até porque eles estavam na nossa frente em toda primeira parte da temporada. Nós estudamos, entramos bem, buscamos o resultado e conseguimos sair com a vitória”, disse o ponteiro Douglas Souza.

Nas quartas de final, o Sesc-RJ enfrenta o Vôlei Renata, com o primeiro jogo neste sábado, às 15h, na Jeunesse Arena. Já o Sesi-SP encara o Corinthians/Guarulhos, com a primeira partida no próximo domingo, às 14h30min, no ginásio da Vila Leopoldina. 

Equipes:

Sesc-RJ: Thiaguinho, Renan, Tiago Barth, Maurício Souza, João Rafael, Maurício Borges e Tiago Brendle (líbero)
entraram: PV, Everaldo, Japa e Levi
técnico: Giovane Gávio

Sesi-SP: William, Alan, Lucão, Gustavão, Douglas Souza, Lipe e Pureza (líbero)
entraram: Evandro e Franco
técnico: Rubinho

foto: Sesi-SP/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Robinho acerta ida para o voleibol português e jogará no novo time do Sporting

Sem apoio e problemas de estrutura, Rádio Clube/AVP decide fechar as portas

Apresentação do Corinthians/Guarulhos deve ocorrer na próxima terça-feira