(Superliga) Em Contagem, Vôlei Renata supera Sada/Cruzeiro e sobe na tabela

Em partida adiada da 9ª rodada da Superliga 2017/2018, o Vôlei Renata derrotou o Sada/Cruzeiro por 3 sets a 1, parciais de 19/25, 26/24, 25/22 e 25/16, no ginásio do Riacho, em Contagem. Com o resultado, o time de Campinas chegou aos 31 pontos e alcançou a 6ª colocação, enquanto a equipe mineira segue com 54 pontos e já confirmada com a melhor campanha da fase classificatória. 

O Sada/Cruzeiro saiu na frente com dois pontos de Isac, um no ataque e outro no saque. A equipe da casa seguiu na frente fazendo 5 a 2. Com Diogo, o Vôlei Renata encostou no marcador, 6 a 7 e, na sequência, empatou em 7 a 7. O jogo esteve igual novamente em 11 a 11. Com Simon, o Sada Cruzeiro voltou a abrir vantagem em 14 a 11. Neste momento, Horacio Dileo pediu tempo. No ponto de saque de Rodriguinho, o time da casa chegou a 16 a 11. Quando o placar foi a 18 a 12, o treinador do Vôlei Renata parou o jogo novamente. No ponto de saque de Junior, a equipe visitante chegou a 15 a 19. Ainda com Junior no saque, o grupo campineiro chegou a 17 a 19 e foi a vez de Marcelo Mendez pedir tempo. No erro de contra-ataque do adversário, o Sada/Cruzeiro marcou 23 a 17. E, no final, o time da casa fechou em 25 a 19. 

Contando com erros do adversário, o Sada/Cruzeiro abriu 4 a 2 no começo do segundo set. A diferença a favor dos donos da casa se manteve em dois em 7 a 5. O Vôlei Renata reagiu e encostou no marcador em 9 a 10. Na bola de meio de Junior, o time visitante chegou mais uma vez e marcou 12 a 13. Com Mão, o set ficou igual em 15 a 15. Novamente com o ponteiro, o Vôlei Renata assumiu o comando do placar em 16 a 15. Em boa passagem de Diogo pelo saque, o Vôlei Renata abriu três de vantagem: 18 a 15. O Sada/Cruzeiro retomou o domínio do set e, quando chegou a 21 a 19, Horacio Dileo pediu tempo. Com dois pontos de saque de Vissotto, o time campineiro empatou: 22 a 22. Marcelo Mendez pediu tempo. A parcial teve final emocionante, com o empate em 24 a 24. E o Vôlei Renata fechou em 26 a 24. 

O Sada/Cruzeiro começou melhor e abriu dois de vantagem no começo do terceiro set, fazendo 7 a 5. No bloqueio de Vini, o Vôlei Renata empatou em 7 a 7. O time visitante passou a frente em 10 a 9. Ainda em grande passagem de Diogo pelo saque, Vissotto pontuou e abriu seis de vantagem em 15 a 9. Neste momento, Marcelo Mendez fez alterações, colocando a dupla de levantador e oposto titulares: Uriarte e Evandro. Vissotto marcou mais um (16 a 9). A vantagem campineira foi de cinco pontos em 18 a 13. Com Simon bem no saque, a diferença caiu para 15 a 18. O Vôlei Renata ainda chegou a 21 a 17. E, no erro de saque do adversário, o time de Campinas fechou em 25 a 22. 

Embalado pelas vitórias nos dois sets anteriores, o Vôlei Renata marcou 5 a 2 no início do set em boa passagem de Leandro Vissotto pelo saque. No erro do Sada/Cruzeiro, o time visitante chegou a 8 a 4. No bom saque de Rodriguinho, o Sada/Cruzeiro reduziu para dois a desvantagem: 8 a 10. No bloqueio, o time visitante chegou a 13 a 9. Quando o Vôlei Renata marcou mais um ponto, Marcelo Mendez pediu tempo. Melhor em quadra, o Vôlei Renata abriu seis de vantagem em 18 a 12. No bloqueio de Vini, 19 a 12. Quando o marcador foi a 20 a 12, o técnico do Sada/Cruzeiro pediu tempo. Com Vini pontuando bem, o Vôlei Renata marcou 22 a 13. No ponto de saque do central, 24 a 16, e, no erro do adversário, 25 a 16. 

“Nós sabíamos da dificuldade de jogar contra eles em casa. Havia muito tempo que o nosso time não ganhava deles e, ao mesmo tempo, imaginamos que eles poderiam tirar um pouco o pé do acelerador por já estarem classificados em primeiro da tabela”, comentou o central Vini, se referindo ao fato de a equipe cruzeirense ter jogado boa parte do partida com jogadores considerados reservas. 

“Mas, de qualquer forma, o time deles tem peças de reposição muito fortes e a vitória é mérito da nossa equipe, que se portou muito bem e se saiu bem no jogo. Nossos objetivos são bem claros, sabemos o que podemos fazer nessa reta final de Superliga Cimed, e nossa equipe evoluiu bastante. Devemos isso ao trabalho do nosso técnico, Horacio Dileo”, complementou o central do Vôlei Renata. 

“Viemos para cá com objetivo de tentar pontos contra o Sada Cruzeiro e, por mais que o time dele tenha poupado alguns jogadores, a nossa equipe está de parabéns pela crescente que vem apresentando nessa reta final de fase classificatória. É um momento bom, onde estamos pegando confiança para entrar bem no playoff”, destacou o oposto Leandro Vissotto. 

“Foi um jogo onde o Marcelo Mendez pôde rodar bem o elenco e estar dentro de quadra é sempre bom. Todos precisam aproveitar essa chance. Hoje, fizemos um bom primeiro set, mas, infelizmente, não conseguimos manter o mesmo ritmo nos demais. Eles foram percebendo isso e crescendo no jogo. Agora é cabeça fria e pensar no próximo jogo”, disse o central Isac. 

Os dois times voltam à quadra no próximo sábado, às 21h30min, pela última rodada da fase classificatória. O Sada/Cruzeiro receberá o ESM Taubaté Funvic, no ginásio do Riacho, em Contagem, enquanto o Vôlei Renata enfrenta o Copel Telecom/Maringá, no ginásio Chico Neto. 

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Fernando Cachopa, Evandro, Isac, Simon, Leal, Rodriguinho e Serginho (líbero)
entraram: Alemão, Pablo, Uriarte, Lukinhas e Robert
técnico: Marcelo Mendez

Vôlei Renata: Rodriguinho, Vissotto, Vini, Junior, Diogo, Renan e Facundo (líbero)
entraram: Matheus, Daniel, Tiago Mão e Salsa
técnico: Horacio Dileo

foto: Renato Araújo/Sada Cruzeiro

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sem apoio e problemas de estrutura, Rádio Clube/AVP decide fechar as portas

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata