(Superliga) Copel Telecom/Maringá duela contra o Vôlei Renata no Chico Neto

Fechando a fase de classificação da Superliga 2017/2018, o Copel Telecom/Maringá recebe o Vôlei Renata, neste sábado, às 21h30min, no ginásio Chico Neto. Com apenas sete pontos e na lanterna da competição, o time paranaense já está rebaixado, enquanto a equipe de Campinas, hoje no 6º lugar, com 31 pontos, quer a vitória para se manter na posição visando os playoffs. 

Independente da posição na tabela, o Copel Telecom/Maringá aposta no apoio dos torcedores para fechar a temporada com vitória. A equipe está na última colocação, mas apenas um ponto atrás do JF Vôlei, e a intenção é deixar pelo menos a lanterna. O oposto Alisson Bastos é um dos destaques do time, além do experiente Ricardinho, que teria proposta do voleibol italiano para a próxima temporada. 

“A briga por uma posição ainda é real. E quanto existe alguma chance, a gente tem que buscar. A nossa grande força, depois dos jogadores, sem dúvida alguma, são os torcedores presentes no ginásio”, disse o levantador Ricardinho, que vê a torcida dando exemplo de determinação que deve ser seguido. 

“São cinco temporadas e os torcedores comparecendo, principalmente diante das dificuldades. Torcedores sempre muito presentes, passando força, motivação, sentindo que a gente está querendo. Essa força e determinação do torcedor animam o grupo todo para que a gente faça uma boa partida no sábado”, comentou o camisa 17 do Copel Telecom/Maringá. 

“A equipe de Campinas vem motivada em função de ter chance de ganhar mais uma posição na tabela porque está bem próximo do Corinthians. Estamos preparados para um jogo bem apertado. Vamos enfrentar um time muito qualificado, experiente, com alguns atletas com passagem por aqui. É mais uma pedreira na Superliga (...) É importante entrar focado em fazer uma grande partida diante do nosso torcedor. A gente precisa, com uma vitória, retribuir todo o carinho do que o torcedor teve com a equipe na temporada”, afirmou o técnico Alessandro Fadul. 

Pelo lado do Vôlei Renata, a intenção é manter o bom momento após vitórias diante de Sesc-RJ e Sada/Cruzeiro. Com o Corinthians/Guarulhos estando a apenas um ponto de diferença na tabela, ninguém do time de Campinas quer deixar escapar a chance de ter pela frente nas quartas de final um adversário ‘teoricamente mais fácil’. Entretanto, o discurso é de fazer um bom jogo no Paraná e continuar evoluindo para os playoffs. 

“Nosso time está numa crescente. Ganhou de dois favoritos ao título. Atravessa um momento bom, que serve para a gente pegar confiança antes de iniciar os playoffs. Vamos ter outro confronto difícil, mas é o momento de manter a pegada e seguir evoluindo”, comentou o oposto Leandro Vissotto, segundo maior pontuador da Superliga com 338 acertos. 

“Para nós é fundamental terminar a primeira fase com uma vitória, pois temos a obrigação de ganhar esse jogo para manter a posição na tabela. Apesar de Maringá ocupar a lanterna, temos que nos preocupar em manter o foco, construir novamente nosso jogo e tentar vencer a partida”, acrescentou o técnico Horacio Dileo. 

Equipes:

Copel Telecom/Maringá: Ialisson, Alê, Wennder, Kaio, Ricardinho, Alisson Bastos e Daniel (líbero)
técnico: Alessandro Fadul

Vôlei Renata: Rodriguinho, Vissotto, Vini, Junior, Diogo, Renan e Facundo (líbero)
técnico: Horacio Dileo

foto: André Renato/Resenha Comunicação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sem apoio e problemas de estrutura, Rádio Clube/AVP decide fechar as portas

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata