(Sul-Americano de Clubes) Sada/Cruzeiro fatura título e vaga para o Mundial

O Sada/Cruzeiro é pentacampeão Sul-Americano de Clubes. O time celeste escreveu mais um capítulo de sua vitoriosa história na noite do último sábado ao bater o argentino Lomas Voley por 3 sets a 0, parciais de 25/19, 25/18 e 25/20, no ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros. Com o título, a Raposa se iguala a Banespa e Paulistano (com cinco títulos da competição) e garantiu uma vaga na próxima edição do Mundial de Clubes. 

“Nunca tem jogo fácil e enfrentamos um time organizado, que joga bem. Fico feliz pelos meninos do lado de lá, que jogaram muito bem, com essa grande cultura que tem. Mas, o nosso time está de parabéns. Mais um Mundial de Clubes para o Sada Cruzeiro e estou muito feliz. Hoje vamos aproveitar, descansar dois dias e já recomeçamos na Superliga”, disse o técnico Marcelo Mendez. 

“Este foi o melhor presente de aniversário possível! Essa nossa família Sada/Cruzeiro está de parabéns, mais um título de Sul-Americano e mais uma oportunidade de disputar o Mundial de Clubes. É mais um ano em que estamos firmesm, ganhando títulos e mostrando a nossa força. Esta equipe está toda de parabéns, atletas, comissão técnica, que segue fazendo um trabalho maravilhoso”, afirmou o ponteiro Filipe. 

“Eu fiquei feliz pela minha atuação, mas hoje todo o time jogou muito bem. Nós conseguimos colocar em quadra tudo o que a gente tinha estudado antes sobre a equipe deles, neutralizamos as principais armas e fizemos o nosso melhor. O nosso saque funcionou desde o início e atacamos muito bem também durante todo o jogo. É uma alegria imensa comemorar mais um título com essa camisa”, disse o central Isac. 

A taça de melhor time da América do Sul, conquistada no Norte de Minas pelo segundo ano consecutivo, vai se juntar às das edições de 2012, 2014, 2016 e 2017. E além da marca expressiva, o quinto troféu continental também representa o 30º título para o Sada Cruzeiro desde 2010, em 34 finais e um total de 38 campeonatos disputados.

Na disputa do 3º lugar, o Montes Claros venceu o Personal Bolívar, da Argentina, por 3 sets a 1, parciais de 28/26, 23/25, 23/25 e 15/25. 

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Nico Uriarte, Evandro, Filipe, Leal, Simon, Isac e Serginho (líbero)
entraram: Fernando Cachopa e Alemão
técnico: Marcelo Mendez

Lomas Voley: Chirivino, Pereyra, Flores, Carneiro,Toro, Ocampo e Massimino (líbero)
entraram: Bernarsconi e Imhoff
técnico: Marcelo Fabian

foto: Junior Neves Brito

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata

Com jogos ao vivo na web, Taça Prata começa nesta terça-feira em Itapetininga