(Superliga) Vôlei Renata supera Montes Claros e recupera 6ª colocação

No encerramento da 4ª rodada do returno da Superliga 2017/2018, o Vôlei Renata derrotou o Montes Claros por 3 sets a 0, parciais de 25/23, 25/23 e 25/20, no ginásio Taquaral. Com o resultado, o time de Campinas chegou aos 24 pontos e reassumiu a 6ª colocação, enquanto a equipe mineira permanece na 9ª posição, com 13 pontos, ainda na briga por uma vaga nos playoffs.

O Vôlei Renata começou melhor e abriu 3 a 0 logo no começo da partida. Lorena marcou o primeiro ponto para o Montes Claros. Zanotti pontuou e o time visitante chegou ao empate em 3 a 3. Então, só o Montes Claros pontuou e fez 5/2. No bloqueio de Vissotto, o time da casa encostou em 11 a 12. Explorando o bloqueio adversário, o Montes Claros voltou a abrir vantagem (15 a 11) e Horacio Dileo pediu tempo. No ace de Vissotto, o Vôlei Renata aproximou em 13 a 15. Com Zanotti, o Montes Claros marcou 18 a 15. Embalado pela torcida, o Vôlei Renata reagiu e encostou em 17 a 18. Foi a vez de Sérgio Cunha parar o jogo. No erro do adversário, o time da casa chegou ao ponto de empate: 20 a 20. No bloqueio de Júnior, 21 a 20. No final no bloqueio de Krauchuck, o Vôlei Renata fechou em 25 a 23.

O segundo set começou com equilíbrio, com o empate em 2 a 2. No ace de Zanotti, o Montes Claros Vôlei abriu 4 a 2. Bem no saque, a equipe mineira ainda chegou a 7 a 3. O Vôlei Renata encostou no marcador em 8 a 9. O time visitante voltou a abrir vantagem (12 a 7) e Horacio Dileo pediu tempo. Com o oposto Leandro Vissotto pontuando bem, o Vôlei Renata reduziu a diferença para 11 a 13. Os donos da casa encostaram de vez em 15 a 16 e Sérgio Cunha parou o jogo para conversar com os atletas. Com Júnior, o time de Campinas empatou em 17 a 17. Vissotto no contra-ataque marcou 20 a 19. O set seguiu equilibrado na reta final e Vissotto fechou em 25 a 23.

No ace de Vini, o Vôlei Renata marcou 3 a 2 no começo do terceiro set. No bloqueio de Vini, o time campineiro abriu três de vantagem em 10 a 7. A diferença seguiu em 12 a 9. No bloqueio de Júnior, o Vôlei Renata chegou a 13 a 10. O Montes Claros Vôlei reagiu e, quando encostou em 13 a 14, Dileo pediu tempo. A diferença voltou a aumentar a favor do Vôlei Renata em cinco pontos em 20 a 15. O time da casa seguiu no comando do marcador e, com Diogo, fechou em 25 a 20.

“Mostramos raça e determinação. Nos dois primeiros sets tivemos uma atuação irregular e sorte em alguns momentos. Estamos trabalhando duro para crescer na competição. Foi um jogo difícil. O time deles defendeu muito bem e esteve bem posicionado no bloqueio também. Estava difícil rodar bola, mas o grupo esta de parabéns (...) Tínhamos a pressão de jogar em casa, com a responsabilidade de apresentar uma boa atuação diante da nossa torcida e conseguimos um importante resultado”, disse o oposto Leandro Vissotto.

As duas equipes só retornam as quadras no sábado, dia 17. O Vôlei Renata receberá o Corinthians/Guarulhos, às 18h, novamente no ginásio Taquaral. Já o Montes Claros, às 19h, enfrenta o Sesi-SP, no ginásio Tancredo Neves.

Equipes:

Vôlei Renata: Rodriguinho, Leandro Vissotto, Vini, Júnior, Diogo, Renan e Facundo (líbero)
entraram: Mão, Krauchuck e Daniel
técnico: Horacio Dileo

Montes Claros: Sandro, Lorena, Mesa, Mudo, Zanotti, Vivalde e Vanderson (líbero)
entraram: Luan, Cristiano e Alemão
técnico: Sérgio Cunha

foto: Marcos Ribolli/Vôlei Renata

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio