(Superliga) Sada/Cruzeiro derrota JF Vôlei e permanece na liderança isolada

Jogando no ginásio do Riacho, em Contagem, o Sada/Cruzeiro derrotou o JF Vôlei por 3 sets a 0, parciais de 25/20, 25/21 e 25/19, pela 6ª rodada do returno da Superliga 2017/2018. Com o resultado, a equipe celeste chegou aos 46 pontos e permanece na liderança isolada da competição, enquanto o time da Zona da Mata segue na penúltima posição, com apenas quatro pontos ganhos.

A partida iniciou bastante equilibrada, com as duas equipes se estudando bastante: 6 a 6. Com uma bola de pipe do ponteiro Leal e depois com Simon no meio, o Sada/Cruzeiro fez 14 a 13 e logo na sequência abriu vantagem no marcador: 17 a 14, obrigando Henrique Furtado a pedir tempo. O JF Vôlei agüentou a forte pressão celeste até onde conseguiu, mas com bons saques, com direito a ace de Nico Uriarte, os donos da casa fizeram 21 a 16 e, confirmaram a vitoria por 25 a 20.

Diferente da parcial anterior, o Sada/Cruzeiro começou o segundo set impondo um forte ritmo, principalmente no saque. Com ace de Leal, o placar já era de 6 a 3 e com outro ponto no mesmo fundamento de Alemão, os donos da casa colocaram 10 a 6. Essa diferença foi sendo administrada pelos comandados de Marcelo Mendez, que tiveram tranquilidade na hora que o JF Vôlei apertou: 19 a 17. No final, vitória da Raposa por 25 a 21, após ataque de Filipe.

No terceiro set, a novidade ficou por conta da entrada de Rodriguinho, que se recuperou de uma lesão no tornozelo, no lugar de Filipe. Apesar da mudança, os donos da casa não diminuíram a intensidade e foram abrindo vantagem logo de cara: 8 a 5. Em uma bola de dois tempos com Simon, o Sada/Cruzeiro fez 16 a 14 e o cubano estava impossível, sendo destaque no ataque. No final, sem muitos problemas, os donos da casa fecharam por 25 a 19.

“É difícil a gente ter uma oportunidade e quando ela aparece, tem que aproveitar. O Evandro sentiu um pouco as costas hoje e estou muito feliz por ter representado ele bem em quadra. Todo mundo se ajuda muito nesse time, e esse troféu é um símbolo do trabalho de todos”, disse o oposto Alemão, que substituiu Evandro (poupado com dores nas costas)

“Aos poucos vou melhorando, sentindo um pouco mais de confiança nos movimentos, de correr um pouco mais rápido, saltar mais forte. Eu estou muito feliz por voltar. Infelizmente eu fiquei fora de alguns jogos, que eu gostaria muito de ter estado com a equipe. É muito bom voltar, até antes do esperado, e estou me sentindo bem e muito 

Na próxima quarta-feira, às 20h, o Sada/Cruzeiro encara o clássico diante do Minas Tênis Clube, novamente no ginásio do Riacho, em Contagem. No mesmo dia e horário, o JF Vôlei enfrenta o Sesc-RJ, no ginásio do Tijuca Tênis Clube.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Nico Uriarte, Alemão, Filipe, Leal, Simon, Isac e Serginho (líbero)
entraram: Rodriguinho e Lukinhas
técnico: Marcelo Mendez

JF Vôlei: Adami, Emerson, Raphael, Leozinho, Rômulo, Bruno e Juan Mendez (líbero)
entraram: Rammé, Welinton e Felipe
técnico: Henrique Furtado

foto: Renato Araújo/Sada Cruzeiro

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sem apoio e problemas de estrutura, Rádio Clube/AVP decide fechar as portas

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata