(Superliga) No litoral gaúcho, Lebes Canoas enfrenta o vice-líder Sesc-RJ

A cidade de Capão da Canoa, no litoral norte gaúcho, será palco do duelo entre Lebes Canoas e Sesc-RJ, neste sábado, às 21h, pela 6ª rodada do returno da Superliga 2017/2018. Na 8ª posição, com 21 pontos, o time do Rio Grande do Sul busca a vitória para seguir na briga por uma vaga nos playoffs, enquanto a equipe carioca, hoje na vice-liderança, com 42 pontos, quer seguir na cola do Sada/Cruzeiro (46 pontos). A partida terá transmissão do SporTV.

O Lebes Canoas chega para esse duelo somando três derrotas, porém resultados que não podem ser considerados ruins, já que perdeu apenas no tie-break para Sesi-SP e EMS Taubaté/Funvic e levou 3 a 0 do Sada/Cruzeiro, nada anormal, em Contagem. O técnico Marcel Matz sabe das dificuldades que encontrará diante dos cariocas, mas entende que o time vem evoluindo e fazendo um bom trabalho, principalmente no fundamento saque e no side-out. 

. “Será mais uma pedreira para o nosso time. Mas, estamos fazendo um returno melhor que o turno. Isso mostra que o time vem trabalhando bem. Estamos muito focados na busca pela vaga nos playoffs. Essa semana temos três jogos, dois contra adversários diretos e vamos em busca das vitórias”, afirmou Marcel Matz, que avaliou a presença da equipe em outra cidade, após ter visitado Gramado.

“Quando chegamos em outras cidades, como foi em Gramado e agora, em Capão da Canoa, há uma sensação diferente na torcida do lugar e isso é muito bacana, motiva a cidade, pode trazer novos praticantes e essa é uma ação que deve passar a acontecer todos os anos. Isso gera a oportunidade de mais gente conhecer o vôlei”, opinou o treinador do Lebes Canoas.

No Sesc RJ, o técnico Giovane Gávio acredita em um jogo equilibrado, apesar da diferença na tabela de classificação. Sem saber o que é derrota no returno, os cariocas vêm embalados, principalmente com as vitórias sobre EMS Taubaté/Funvic e Sada/Cruzeiro, com destaque para o bom momento do levantador Thiaguinho, do ponteiro João Rafael e do líbero Tiago Brendle.

“Acho que vai ser um bom jogo. O Lebes Canoas vem jogando bem, evoluiu bem na segunda parte do campeonato e, por isso, nos preparamos bastante nesta semana para chegarmos bem nesta partida”, concluiu Giovane Gávio, que vê como positiva a descentralização dos jogos.

“Essa questão destes jogos itinerantes é muito bacana para o vôlei. O Rio Grande do Sul tem uma tradição muito grande na nossa modalidade e essa é uma oportunidade de ver de perto campeões olímpicos e um bom jogo. Todos saem ganhando com isso”, disse o treinador do Sesc-RJ.

“Nosso objetivo é nos classificar na melhor posição possível, porém, mais do que isso, é melhorar o nosso padrão de jogo para chegarmos bem preparados nos playoffs. A primeira posição é sempre o objetivo, mas sabemos que nos playoffs tudo pode acontecer. Nossa cabeça está voltada para o nosso time. O que podemos fazer para chegarmos preparados para a fase final? Essa é a pergunta que nos fazemos todos os dias”, afirmou o levantador Thiaguinho.

Equipes:

Lebes Canoas: Pedro, Abouba, Matheus, Michel, Rodrigo, Eduardo e Pallotti (líbero)
técnico: Marcel Matz

Sesc-RJ: Thiaginho, Renan, Tiago Barth, Maurício Souza, João Rafael, Maurício Borges e Tiago Brendle (líbero)
técnico: Giovane Gavio

foto: Fernando Potrick/Gama

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata

Com jogos ao vivo na web, Taça Prata começa nesta terça-feira em Itapetininga