(Superliga) Minas Tênis Clube supera Sesi-SP em plena Vila Leopoldina

Mesmo jogando no ginásio da Vila Leopoldina, o Minas Tênis Clube derrotou o Sesi-SP por 3 sets a 1, parciais de 25/16, 25/19, 20/25 e 25/19, pela 5ª rodada do returno da Superliga 2017/2018. Com o resultado, o time mineiro chegou aos 34 pontos e segue na 5ª posição, um ponto atrás da equipe paulistana, ou seja, embolando tudo na briga por um lugar no G-4.

Mostrando um bom desempenho no saque, o Minas Tênis Clube complicou a recepção dos donos da casa, principalmente no primeiro set. Com destaque para Marlon, Bob, Flávio e Petrus, que conseguiram aces, os visitantes abriram boa vantagem e fecharam em 25 a 16. No segundo período, os comandados de Nery Tambeiro seguiram soltando o braço no saque e prejudicando o passe do Sesi-SP. Com dificuldades no side-out, os paulistanos acabaram errando demais e viram o time de Belo Horizonte vencer por 25 a 19.

Com o placar favorável de 2 a 0 para os adversários, o Sesi-SP precisava reagir para levar o jogo até o tie break e brigar por pontos na rodada. Lipe cresceu no jogo, Franco entrou quente e também pontuou, ajudando o time a fechar a terceira parcial em 20 a 25. Entretanto, mesmo com o leve crescimento, o time da capital paulista não conseguiu segurar a parcial seguinte, onde o Minas Tênis Clube neutralizou as principais jogadas do adversário e fechou o duelo com 25 a 19.

“Nosso saque funcionou muito bem e desestabilizou a recepção deles, nos dando possibilidade de contra-ataque. Por outro lado, o saque deles não foi tão eficiente, com exceção do terceiro set, quando dificultou nosso sistema ofensivo. No quarto, tivemos o domínio da partida de novo (...) Com a entrada do Honorato, nosso time está muito estruturado na linha de passe, o que tem feito o nosso sistema ofensivo funcionar muito bem. Temos um maestro, que é o Marlon, que, tendo o passe na mão, facilita bastante o nosso sistema ofensivo. Ele é um grande levantador”, comentou o ponteiro Bob, eleito o melhor da partida.

“Sabíamos que não seria um jogo fácil. Nós travamos em alguns momentos. Eles nos anularam e principalmente acertaram a mão no saque. Foi o jogo todo dificultando o nosso passe, e deu certo. Agora é recuperar, treinar e pensar nos próximos adversários”, comentou o ponteiro Lipe, maior pontuador do Sesi-SP com 12 acertos.

O Minas Tênis Clube retorna as quadras no sábado, dia 17, às 18h, diante do EMS Taubaté Funvic, na Arena, em Belo Horizonte. No mesmo dia, às 19h, o Sesi-SP encara o Montes Claros, no ginásio Tancredo Neves. 

Equipes:

Sesi-SP: William, Alan, Aracaju, Lipe, Douglas Souza, Lucão e Murilo (líbero)
entraram: Evandro, Renato, Gabriel Vaccari, Gustavão, Franco e Piá
técnico: Rubinho

Minas Tênis Clube: Marlon, Felipe Roque, Bob Dvoranen, Honorato, Flávio, Pétrus e Rogerinho (líbero)
entraram: Davy, Eduardo Carisio, Bisset e Maique
técnico: Nery Tambeiro

foto: Sesi-SP/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio