(Superliga) Em confronto direto, JF Vôlei encara o Copel Telecom/Maringá

Neste sábado, às 18h, JF Vôlei e Copel Telecom/Maringá se enfrentam no ginásio da UFJF pela 8ª rodada do returno da Superliga 2017/2018. Na lanterna, com cinco pontos, o time mineiro quer a vitória para sair dessa situação, enquanto os paranaenses, que estão uma posição acima, com sete pontos, busca seguir a boa fase, já que chegam embalados após duas vitórias seguidas. 

No JF Vôlei, o discurso é de buscar ao máximo fazer bons jogos até o final da fase classificatória. Sabendo das dificuldades de escapar do rebaixamento, ninguém desiste de lutar, porém pensando jogo a jogo e tentando ser eficiente em cada fundamento. Na rodada passada, os mineiros fizeram uma boa apresentação contra o Sesc-RJ, em pleno ginásio do Tijuca Tênis Clube, perdendo apenas no tie-break. 

No comando do time mineiro desde a temporada passada, Henrique Furtado vem batalhando com o jovem grupo para obter resultados positivos na Superliga Cimed, mas, principalmente, com um objetivo maior, de revelar atletas e de manter o projeto em evidencia. Entretanto, todos acreditam no potencial do elenco e da possibilidade de vencer os paranaenses em casa.

“Será um jogo difícil, muito disputado. São dois projetos muito sérios que se encontraram e tem grandes motivos para vencer. Os dois times querem muito estar numa situação melhor e estão trabalhando para isso. Acho que será uma grande partida, como foi no primeiro turno, onde o jogo foi decidido nos detalhes. Vamos enfrentar um time de muita qualidade, com um levantador que dispensa comentários e que coloca seus atacantes o tempo inteiro em ótima situação, isso dificulta o nosso bloqueio e defesas. Temos que ter qualidade no saque e ter rodagem de bola, sendo que nos preparamos muito bem, temos feito boas partidas e tenho certeza que fazemos uma boa partida”, disse o treinador Henrique Furtado.

Pelo lado do Copel Telecom/Maringá, a fase não poderia ser melhor após vencer Ponta Grossa/Caramuru (fora) e Lebes Canoas (casa). O técnico Alessandro Fadul vê uma postura diferente dos jogadores em relação ao primeiro turno, principalmente no quesito confiança. Além disso, os erros de saque e de passe deram vez a momentos de maior tranquilidade para a realização de um contra-ataque ou em um simples side-out. 

No confronto contra os gaúchos, o bom rendimento do oposto Alisson Bastos chamou a atenção de todos, assim como do central Ialisson. Independente da reação na Superliga ter ocorrido na reta final da fase classificatória, todos no Copel Telecom/Maringá acreditam na possibilidade de chegar a 10ª colocação, ou seja, fora da zona do rebaixamento, onde hoje aparece Montes Claros, com 13 pontos.

“Vem trabalhando bem, trabalhando forte, com o principal objetivo de melhorar nosso desempenho e isso tem acontecendo nas partidas, fazendo bons jogos e evoluindo em cada fundamento. Estamos vindo de duas vitórias, com boas atuações em todos os fundamentos e consequentemente isso gera mais confiança e tira um peso dos atletas. O grupo vem motivado com o momento, mas amanhã a gente sabe que será um jogo difícil. Agora o objetivo principal é manter o nosso desempenho para que dessa forma sair de Juiz de Fora com a vitória. Estamos muito concentrados e vamos lutar por cada ponto, cada bola para no final conseguir essa vitória”, declarou Alessandro Fadul. 

Equipes:

JF Vôlei: Adami, Emerson, Raphael, Leozinho, Rômulo, Bruno e Juan Mendez (líbero)
técnico: Henrique Furtado

Copel Telecom/Maringá: Ialisson, Alê, Wennder, Matheus Costa, Ricardinho, Alisson Bastos e Daniel (líbero)
técnico: Alessandro Fadul

foto: JF Vôlei/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio