(Superliga) Copel Telecom/Maringá vence Lebes Canoas e deixa a lanterna

Jogando no ginásio Chico Neto para mais de duas mil pessoas, o Copel Telecom/Maringá venceu o Lebes Canoas por 3 sets a 1, parciais de 25/22, 31/29, 20/25 e 25/23, pela 7ª rodada do returno da Superliga 2017/2018. Com o resultado, o time paranaense chegou aos sete pontos e deixou a lanterna da competição, aparecendo agora no 11º lugar. Já o clube gaúcho parou nos 21 pontos e segue na 8ª colocação.

No primeiro set, o Copel Telecom/Maringá se manteve sempre na frente no placar. Começou forçando o saque e, por três vezes, abriu quatro pontos de vantagem sobre o time gaúcho, que fazia um bom jogo, mas não conseguia se igualar no placar. Mostrando um eficiente posicionamento de bloqueio e com destaque para o central Ialisson venceu por 25 a 22.

A partida continuou ainda mais equilibrada no segundo set, com alternâncias na liderança do placar. O décimo segundo ponto do time da casa foi sensacional. O levantador Ricardinho passou para o outro lado rede uma bola quase perdida e deu início a um rali. A bola não caiu por quase um minuto até que o oposto Alison explorou o bloqueio e conseguiu o ponto para o Copel Telecom/Maringá. O final foi bastante emocionante e bem disputado, terminando em vitória dos paranaenses por 31 a 29.

Mesmo com 2 sets a 0 contra, o Lebes Canoas não desistiu da partida e voltou com um rendimento ainda maior no terceiro set. Por outro lado, o rendimento do Copel Telecom/Maringá caiu um pouco e tinha dificuldades para parar os centrais Matheus e Michel, principais atacantes do adversário. No final, os comandados de Marcel Matz tiveram tranquilidade para fechar a parcial em 20 a 25.

No quarto set, a partida voltou a ficar equilibrada. O levantador Ricardinho apostava muito nas bolas de segurança, principalmente com o oposto Alisson Bastos, que estava em noite inspirada e acabou sendo o maior pontuador do jogo com 21 acertos. Do outro lado, o levantador Pedro buscava alternativas para ultrapassar o bloqueio adversário, porém esse fundamento estava em alta no Copel Telecom/Maringá. No final, e nos detalhes, os donos da casa venceram por 25 a 23, sendo que os gaúchos ainda reclamaram da marcação da arbitragem.

“O time se portou muito bem em todos os fundamentos e empenhou um ritmo forte no saque. Hoje, o melhor da partida poderia ter sido entregue a qualquer um dos jogadores (...) Temos 17 atletas no elenco e 14 vêm para o jogo. Eu confio neles, por isso tenho utilizado todos nos jogos e isto tem funcionado”, declarou o técnico Alessandro Fadul.

No próximo sábado, às 18h, o Copel Telecom/Maringá enfrentará o JF Vôlei, no ginásio da UFJF. No mesmo dia e horário, o Lebes Canoas recebe o Ponta Grossa/Caramuru, no ginásio La Salle.

Equipes:

Copel Telecom/Maringá:
Ialisson, Alê, Wennder, Matheus Costa, Ricardinho, Alisson Bastos e Daniel (líbero)
entraram: Leitzke, Matheus, Kaio, Johan, Gian e Bruno Godoy
técnico: Alessandro Fadul

Lebes Canoas: Pedro, Abouba, Michel, Matheus, Eduardo, Rodrigo e Pallotti (líbero)
entraram: Leandro e Robson
técnico: Marcel Matz

foto: Copel Telecom/Maringá/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sem apoio e problemas de estrutura, Rádio Clube/AVP decide fechar as portas

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata