(Superliga) Com transmissão da Rede TV!, Sesc-RJ recebe o Minas Tênis Clube

A 8ª rodada do returno da Superliga 2017/2018 começa neste sábado, às 15h quando o Sesc-RJ enfrenta o Minas Tênis Clube, no ginásio do Tijuca Tênis Clube. Na vice-liderança, com 47 pontos, o time carioca briga diretamente com o Sada/Cruzeiro (48 pontos) pelo topo da tabela. Já a equipe de Belo Horizonte, atualmente na 5ª colocação, com 35 pontos, ainda busca uma vaga no G-4. 

O Sesc-RJ vem de uma sequência importante de vitórias, porém nas duas últimas rodadas, contra Lebes Canoas e JF Vôlei passou certo aperto devido a falta de atenção em determinados momentos dos jogos. Diante dos gaúchos, os comandados de Giovane Gavio tiveram dificuldades de parar o oposto Abouba e erraram demais no passe, enquanto frente aos mineiros o problema estava na marcação do oposto Emerson e nos erros dos contra-ataques, principalmente nos dois primeiros sets. 

Apesar de perder um ponto na última rodada (venceu no tie-break), o resultado não foi de todo ruim porque o Sada/Cruzeiro também foi para o quinto set contra o Minas Tênis Clube, adversário deste sábado. Sabendo que as dificuldades serão ainda maiores, comissão técnica e grupo de jogadores do Sesc-RJ entendem que precisam entrar cada segundo atentos para não ter que novamente se recuperar em meio a partida.

“O time do Minas é muito forte, tem algumas peças experientes como Marlon e Bob, e uma turma bem jovem jogando bem. Temos que dar o nosso máximo para conseguir ganhar o jogo. Entrar com tudo para cima deles porque vai ser um jogo complicado. Vamos estar em casa, mas prevemos um confronto bem acirrado”, disse o ponteiro Maurício Borges.

Pelo lado do Minas Tênis Clube, apesar da derrota para o rival Sada/Cruzeiro, o time vem em uma crescente na Superliga. O técnico Nery Tambeiro não terá nenhum desfalque para o duelo e ainda conta com o bom momento dos jovens Davy e Honorato, além da grande fase vivida pelo levantador Marlon, que vem comandando o time em quadra e dando moral para aparecerem as revelações. 

Na equipe de Belo Horizonte todos admitem que o primeiro objetivo foi alcançado, no caso ter garantido vaga nos playoffs. Entretanto, devido ao bom rendimento na fase classificatória, o momento agora é de pensar em ficar entre os quatro melhores colocados e com isso ter vantagem nas quartas de final. A grande batalha é atualmente com o Sesi-SP, que está seis pontos a frente.

"Temos um jogo muito difícil contra a equipe do Sesc RJ, que conta com campeões olímpicos e jogadores gabaritados. Para nós, o jogo mais importante é sempre o próximo, então com certeza é um duelo que preocupa, mas estamos confiantes e numa boa crescente. Tenho certeza que será um grande jogo e iremos deixar tudo dentro de quadra”, garantiu o ponteiro Honorato.

Equipes:

Sesc-RJ: Thiaguinho, Renan, Tiago Barth, Barreto, João Rafael, Maurício Borges e Tiago Brendle (líbero)
técnico: Giovane Gávio

Minas Tênis Clube:
Marlon, Felipe Roque, Bob, Bisset, Flávio, Pétrus e Rogerinho (líbero)
técnico: Nery Tambeiro

foto: Erbs Jr./Sesc-RJ

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sem apoio e problemas de estrutura, Rádio Clube/AVP decide fechar as portas

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata