(Superliga) Clássico entre Sada/Cruzeiro e Minas Tênis Clube agita Contagem

O ginásio do Riacho, em Contagem, recebe nesta quarta-feira, às 20h, o clássico entre Sada/Cruzeiro e Minas Tênis Clube pela 7ª rodada do returno da Superliga 2017/2018. Com 46 pontos e ocupando a liderança, o time celeste pretende se segurar nessa posição e para isso só pensa na vitória. Já a equipe de Belo Horizonte, atualmente na 5ª colocação, com 34 pontos, o objetivo é voltar a ganhar para seguir na briga pelo G-4.

No primeiro turno, jogando no ginásio na Arena, em Belo Horizonte, o Sada/Cruzeiro fez 3 sets a 0, com todas as parciais com diferença mínima de dois pontos. Esse placar mostra que a partida de agora deve ser novamente equilibrada e para conquistar a vitória o objetivo dos cruzeirenses é sacar bem. Alias, esse fundamento tem muito peso na liderança da Raposa na competição, já que até o momento foram 26 aces,

“Chegamos bem para este clássico. Estamos treinando bem, com a cabeça tranquila e isso é importante para fazermos um bom jogo: manter a tranquilidade e ser firme. Acho que tem tudo para ser um bonito jogo, disputado, pois o Minas está vivendo um bom momento também na Superliga e deve ser um bom espetáculo”, disse o central Simon, que ainda lembrou da sequência na temporada.

“Temos que estar preparados e concentrados para fazer o nosso melhor jogo. Precisamos jogar o melhor possível, unidos, e se fizermos isso acho que não teremos problemas. Esta partida contra o Minas, que é um rival forte, também será importante para incrementar a nossa preparação para o Sul-Americano”, concluiu o cubano.

Pelo lado do Minas Tênis Clube, a derrota na rodada passada para o EMS Taubaté/Funvic já faz parte do passado e não apaga o bom momento da equipe, que vinha de vitórias importantes sobre Vôlei Renata e Sesi-SP. O técnico Nery Tambeiro terá todos os jogadores à disposição e todos sabem no elenco que é necessário ter tranquilidade na virada de bola e bom desempenho no saque para superar o adversário.

“É um jogo difícil, em que temos que tentar neutralizar uma das melhores armas deles, o saque. Temos que procurar manter sempre a bola em jogo, colocando para cima mesmo nos momentos difíceis e não tomar ace. É importante fazer com que a partida tenha continuidade. Estamos em uma sequência pesada na competição, então temos que manter a cabeça boa”, afirmou o líbero Rogerinho.

“Mesmo com a derrota no último jogo seguimos nosso caminho. Em relação ao jogo de amanhã é um jogo dentro de um nível um pouco acima da nossa equipe, porém construímos um padrão de jogo dentro dessa Superliga e até certo ponto sustentamos esse alto nível, ressaltando a vitória sobre o Sesi-SP (...) Eu vejo um jogo de amanhã como um bom panorama, os nossos jogos contra o Sada, mesmo os 3 a 0, foram acirrados e eu sempre acredito muito na minha equipe; Vejo os meninos com ambição e querendo ganhar. Acredito que o momento do Minas é crescente e podemos buscar algo mais. Já realizamos o nosso objetivo de estar entre os cinco primeiros, mas queremos buscar uma semifinal e comprovar essa evolução dos meninos”, declarou o levantador Marlon.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Nico Uriarte, Alemão, Filipe, Leal, Simon, Isac e Serginho (líbero)
técnico: Marcelo Mendez

Minas Tênis Clube: Marlon, Honorato, Bob, Flávio, Pétrus, Felipe Roque e Rogerinho (líbero)
técnico: Nery Tambeiro

foto: Renato Araujo/Sada/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata

Com jogos ao vivo na web, Taça Prata começa nesta terça-feira em Itapetininga