(Superliga B) UM Itapetininga encara o Uberlândia/Gabarito no Ayrton Senna

O Vôlei UM Itapetininga recebe o Uberlândia/Gabarito/Start Química, neste sábado, às 19h, no ginásio Aryton Senna, pela 5ª rodada da Superliga B. Na 3ª colocação, com sete pontos, o time paulista quer mais uma vitória para chegar mais próximo da liderança, enquanto a equipe mineira, atualmente na 7ª posição, com dois pontos, quer ganhar para subir na tabela de classificação. 

Após a terceira vitória consecutiva, ao bater o SeduceMonteCristo/Artesanal, os comandados de Fabiano Magoo querem manter o embalo e para isso apostam na força da torcida. Com a lesão do central Wil, o experiente Michael voltou a ser titular e quer aproveitar a oportunidade, enquanto o oposto André Nascimento vem sendo um ponto diferencial. 

“Temos uma equipe com peças importantes, quem está ali na quadra supre muito bem as funções. Eu só estava esperando a oportunidade de voltar a ser titular, estava treinando bem, infelizmente foi por uma questão de lesão do Wil, mas como disse estava treinando bem e a hora que fosse para eu voltar eu voltaria e graças a Deus voltei bem, conseguimos uma vitória importante em Goiânia, lógico que tem toda questão de ritmo de jogo,porém, acho que fui bem nos bloqueios e ataque, e o mais importante a equipe agiu bem mas ainda temos muito para evoluir “, afirmou Michael. 

“Todo adversário é difícil, todos vão ser desafios complicados, e isso é para todo mundo. Temos que entender que neste jogo somos os favoritos, vamos jogar contra um time jovem mas que tem muitas ambições, independentes dos últimos resultados negativos é um time que merece todo o respeito, mas temos que saber e ter noção que nós somos favoritos, então devemos fazer nosso trabalho, estamos jogando em casa, temos que ter cuidado e respeito porém se impor sobre o adversário para buscar a vitória, que é muito importante para o decorrer da competição”, disse o técnico Fabiano Magoo. 

Pelo lado do Uberlândia/Gabarito/Start Química, o técnico Manoel Honorato espera ver o jovem time mais tranquilo em quadra e errando menos no quesito side-out. Com duas derrotas seguidas por 3 sets a 0 para Apan/Blumenau/Esferatur e Botafogo, o objetivo é evoluir a cada jogo e quem sabe voltar a marcar pontos. 

foto: Alex Júnior/Voleibol UM

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sem apoio e problemas de estrutura, Rádio Clube/AVP decide fechar as portas

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata