(Superliga B) Na busca pelas primeiras posições, Botafogo encara MonteCristo

Pela 5ª rodada da Superliga B, o Botafogo recebe o Seduce/MonteCristo/Artesanal, neste sábado, às 18h, no ginásio Oscar Zelaya, em General Severiano. Na 6ª colocação, com seis pontos (duas vitórias e duas derrotas), os cariocas querem vencer para chegar as primeiras posições da tabela, enquanto a equipe goiana, que atualmente está no 4º lugar, com sete pontos (duas vitórias e duas derrotas) tem o mesmo objetivo. 

Após vencer o Uberlândia/Gabarito/Start Química, fora de casa, na rodada anterior, o Botafogo espera contar com o apoio da torcida (a entrada é franca) para conquistar três pontos e ‘brigar’ de vez pela liderança. O técnico Mauro Lima entende que o equilíbrio está enorme na competição, mas sabe também que seu time pode fazer valer o fator casa quando necessário. 

“A confiança voltou. Vínhamos de duas derrotas mas conseguimos vencer fora de casa e nos sentimos bem melhor com isso. Vamos jogar em casa, com torcida do nosso lado, sabendo que é um adversário duro e um confronto direto. O Marcelinho tem muita qualidade e distribui o jogo com eficiência, sabe a hora de usar o meio de rede ou os ponteiros, incluindo o Renan, que vem dando conta do recado na saída. Então, mesmo sem o Alex (Damião, lesionado), o ataque do nosso time segue forte e está pronto para fazer mais uma grande partida”, declarou o oposto Renan Michellucci. 

No Seduce/MonteCristo/Artesanal, o clima é de tranquilidade e apesar da derrota na rodada anterior para o Vôlei UM Itapetininga, em casa, o resultado não foi considerado de todo ruim. Com um orçamento bem menor do que a equipe paulista, o time do Centro-Oeste jogou de igual para igual e levou o duelo para o tie-break, conquistando assim um ponto diante de um adversário considerado favorito a uma das vagas na elite nacional. 

“O time vem treinando bem e precisa dessa vitória fora de casa. O adversário é um time muito experiente, com jogadores de renome no Brasil e que já disputaram a Superliga A”, declarou o técnico Jonas Fonseca, se referindo a nomes como do líbero Mário Jr. e do levantador Marcelinho. 

foto: Botafogo/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio