(Superliga B) Em duelo pela ponta, Vôlei Ribeirão encara Apan/Blumenau

A abertura da 4ª rodada da Superliga B marca para esse sábado, às 17h, o encontro entre o líder Apan/Blumenau/Esferatur contra o vice São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão, na Cava do Bosque. Único invicto na competição, os catarinenses tentam manter o embalo e a ponta da tabela, enquanto o time paulista, quer a vitória em casa para assumir a liderança isolada.

Com nove pontos conquistados, o Apan/Esferatur/Blumenau tem como principal objetivo manter a primeira posição. Para tanto, a equipe catarinense precisa garantir ao menos um ponto na partida deste sábado, contra um adversário considerado favorito a uma das vagas a elite nacional. O técnico André Donega espera um duelo difícil e aposta no conjunto do elenco.

“Estamos chegando a Ribeirão Preto para mais um importante confronto e sabemos que encontraremos muitas dificuldades, contudo, nossa equipe sabe da importância de continuar evoluindo. Além disso, numa competição curta, cada ponto e cada set vencidos ajudarão muito na classificação ao fim da fase regular. A equipe de Ribeirão Preto é fortíssima, com alguns jogadores com títulos na Superliga A. Blumenau também tem suas qualidades individuas, e, principalmente, coletivas”, declarou o técnico André Donega.

Já no lado dos anfitriões, apenas a vitória interessa, e, caso seja por 3x0 ou 3x1 o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão assume a ponta. No entanto, a única derrota da equipe até o momento foi justamente em casa para o Seduce/MonteCristo/Artesanal, algo que ninguém espera que ocorra novamente. Para o técnico Marcos Pacheco a força da torcida continua sendo um trunfo na busca pelo primeiro lugar.

"Muita gente me pergunta sobre nossa campanha na Superliga B: ganhamos as duas como visitantes e perdemos justamente em casa, em Ribeirão Preto. A energia no ginásio da Cava do Bosque é excepcional e contagiante. Eu não abro mão da minha torcida e é com ela que vamos fazer o máximo para assumir a liderança da competição", contou Pacheco, que também elogiou o adversário deste sábado.

"O Blumenau não é líder por acaso. São três vitórias, nove sets vencidos e nenhum perdido. É uma grande equipe e vamos ter que saber encarar o jogo para assumir a liderança. Tivemos duas semanas de treinos intensos e estamos preparados para dar o nosso torcedor a vitória que ele merece", completou o treinador.

foto: FL Piton/CCS

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sem apoio e problemas de estrutura, Rádio Clube/AVP decide fechar as portas

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata