(Superliga) Sesc-RJ leva susto, mas vira para cima do Corinthians/Guarulhos

No encerramento da 3ª rodada do returno da Superliga 2017/2018, o Sesc-RJ derrotou, de virada, o Corinthians/Guarulhos por 3 sets a 1, parciais de 24/26, 25/23, 25/22 e 25/17, no ginásio da Ponte Grande. Com o resultado, o time carioca chegou aos 36 pontos e segue na vice-liderança, enquanto a equipe paulista caiu para a 7ª colocação, com 19 pontos ganhos.

O primeiro set começou equilibrado, com as equipes empatando em 3 a 3. No erro do adversário, o Corinthians/Guarulhos abriu dois de vantagem em 7 a 5. O Sesc-RJ buscou e empatou em 7 a 7. As equipes seguiram tomando banho e empataram em 13 a 13. O time da casa teve dois de vantagem em 18/16. No erro do adversário, o Sesc-RJ chegou ao ponto de empate: 20 a 20. O set seguiu equilibrado até o final, quando o Corinthians/Guarulhos fechou em 26 a 24.

O Corinthians-Guarulhos seguiu melhor no segundo set. Quando o time da casa abriu 11 a 7, o técnico do Sesc-RJ, Giovane, pediu tempo. Com apoio de sua torcida, o time paulista seguiu no comando do placar. Com alterações no elenco, o Sesc-RJ conseguiu encostar no marcador fazendo 16 a 17. No bloqueio de João Rafael, a equipe carioca deixou tudo igual (19 a 19). A reta final do set ganhou emoção (21 a 21). No final, melhor para o Sesc-RJ por 25 a 23.

Rodrigo Ribeiro abriu o terceiro set com ponto de saque a favor do Corinthians-Guarulhos. João Rafael empatou em 1 a 1. Os donos da casa tiveram dois de vantagem em 5 a 3. A partir deste momento, o time carioca seguiu embalado e abriu sete em 12 a 5. A vantagem seguiu em 14 a 7. Maurício Souza pontuou e o Sesc RJ fez 16 a 11. O Corinthians reagiu e fez 14 a 16. Giovane pediu tempo. Com Ygor Ceará, o time da casa empatou: 20 a 20. Novo empate em 22 a 22. Com Maurício Borges, vitória do Sesc-RJ: 25 a 22.

Com Maurício Souza bem no bloqueio, o Sesc RJ abriu 5 a 1, forçando o técnico do Corinthians-Guarulhos, Alexandre Stanzioni, a pedir tempo. Com Maurício Borges, atacando uma bola de segunda levantada por Maurício Souza, o time carioca abriu 7 a 1. Com Renan, 8 a 1. No bloqueio de Thiaguinho, 10/2. Stanzione pediu seu segundo tempo. A vantagem foi a 16 a 10. Na sequência, o time do Rio de Janeiro fez 22 a 16. E melhor em quadra, o Sesc-RJ fechou em 25 a 17.

“Enfrentamos um jogo difícil hoje. Começamos errando muito no primeiro set e, com isso, perdemos muito o foco. O nosso time tem um bloqueio bem forte, mas, para ele funcionar, temos que pensar muito taticamente o jogo inteiro e conseguimos fazer isso só depois do segundo set para frente (...) O nosso saque quebrou muito o passe deles também quando começou a entrar e, sem dúvida, foi um fundamento extremamente importante para o nosso time, principalmente o flutuante”, disse o oposto Renan.

Agora, o Sesc-RJ dá uma pausa na Superliga para pensar na semifinal da Copa Brasil. Na próxima quinta-feira, às 19h, os cariocas enfrentam o Sada/Cruzeiro, no ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo. Já o Corinthians/Guarulhos só volta a quadra no sábado, dia 3, às 19h, diante do Montes Claros, no ginásio Tancredo Neves.

Equipes:

Corinthians/Guarulhos: Rodrigo Ribeiro, Rivaldo, Riad, Luizinho, Ygor Ceará, Mineiro e Serginho (líbero)
entraram: Gabriel, Cesinha e Gabriel Cândido
técnico: Alexandre Stanzioni

Sesc-RJ: Thiaguinho, Renan, Maurício Souza, Renatão, Japa, Maurício Borges e Tiago Brendle (líbero)
entraram: PV, Everado, Barreto e João Rafael
técnico: Giovane Gávio

foto: Leo Vitulli/Corinthians-Guarulhos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Robinho acerta ida para o voleibol português e jogará no novo time do Sporting

Sem apoio e problemas de estrutura, Rádio Clube/AVP decide fechar as portas

Apresentação do Corinthians/Guarulhos deve ocorrer na próxima terça-feira