quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

(Superliga) Sada/Cruzeiro vence Corinthians/Guarulhos e retoma a liderança

Em jogo atrasado da 1ª rodada do returno da Superliga 2017/2018, o Sada/Cruzeiro venceu o Corinthians/Guarulhos por 3 sets a 0, parciais de 37/35, 27/25 e 25/20, no ginásio do Riacho, em Contagem. Com o resultado, o time mineiro assumiu a liderança, com 34 pontos, um a mais que o Sesc-RJ, enquanto a equipe paulista permanece na 6ª colocação, com 19 pontos. 

Rivaldo abriu o placar da partida para o Corinthians-Guarulhos. Leal respondeu para o Sada/Cruzeiro. O set seguiu com as equipes trocando pontos. A equipe mineira abriu dois de vantagem em 8/6. No bloqueio de Luizinho, o grupo corintiano empatou em 10 a 10. No ace de Rivaldo, o Corinthians-Guarulhos assumiu o comando do placar: 12/11. Depois, a equipe visitante aumentou a vantagem e fez 16/14. O Sada Cruzeiro buscou e, com Leal, deixou tudo igual em 17/17. Simon marcou 22/21 para o time da casa. Quando o Corinthians-Guarulhos fez 23/22, Marcelo Mendez pediu tempo. O set seguiu equilibrado, empatado em 25/25. O time de Guarulhos marcou 28 a 27 e o treinador cruzeirense parou o jogo de novo. Na bola de segunda de Rodrigo, o Corinthians fez 29 a 28. Depois, no bloqueio de Simon, foi a vez do Cruzeiro fazer 30 a 29. Isac fez 33 a 32 e novamente pelo meio de rede, dessa vez com Simon, 36 a 35. Leal fechou a primeira parcial para o Sada Cruzeiro: 37 a 35.

Diferente do primeiro set, o Sada Cruzeiro começou superior em quadra. Quando o time mineiro abriu 4 a 1, no bloqueio de Isac, o técnico do Corinthians-Guarulhos, Alexandre Stanzioni, pediu tempo. No ace de Rivaldo, o time paulista encostou no placar em 4 a 5 e, no bloqueio de Ceará, empatou em 5 a 5. O time cruzeirense teve um de vantagem em 10 a 9. No ponto de saque de Simon, dois: 12 a 10. Riad conseguiu um ace e colocou o Corinthians em vantagem em 13 a 12. O Sada/Cruzeiro buscou e, no saque de Uriarte, colocou três a frente: 16 a 13. O Corinthians-Guarulhos encostou em 16 a 17. O time cruzeirense abriu 21 a 18. O Corinthians encostou no marcador em 22 a 23. E, no saque de Rivaldo, 23 a 23. Assim como no set anterior, empate em 25 a 25. No final, o Sada Cruzeiro venceu por 27 a 25.

Os donos da casa abriram 4 a 1 logo no começo da parcial. Na sequência, contando com erros do adversário, o Sada/Cruzeiro colocou quatro de vantagem (6 a 2) e Alexandre Stanzioni pediu tempo. O time mineiro ainda abriu 9 a 3. Com Simon, o Sada/Cruzeiro marcou 12 a 8. O jogo seguiu favorável a equipe da casa que, quando chegou a 17 a 11, forçou o treinador adversário a pedir tempo. A diferença no placar caiu em 14 a 18. E ainda reduziu mais em 18 a 21. Mas, o Sada/Cruzeiro voltou a pontuar mais e fechou o set em 25 a 20.

“Todo jogo está sendo sempre difícil para nós. Temos que melhorar muito, principalmente no saque, que não está saindo. Mas, o jogo é jogado e foi importante sair na frente. A Superliga está muito difícil esse ano, tem bons times, todos jogando muito bem, e temos que dar o nosso melhor para conseguir os resultados”, disse o ponteiro Leal.

“O fato não é perder o set, mas o problema é a quantidade de erros de saque. Principalmente contra um time que tem o poder de ataque que o Sada Cruzeiro tem, não pode haver a quantidade de erros que cometemos hoje. Eles têm uma virada de bola muito boa. Se conseguíssemos acertar mais, de repente teríamos conseguido vencer o set. Uma arma que temos contra grandes equipes é sacar muito bem e precisamos usar isso”, afirmou o líbero Serginho.

O Sada Cruzeiro volta a jogar no próximo sábado, às 19h, quando receberá o Copel Telecom/Maringá, no ginásio do Riacho, em Contagem. No mesmo dia, às 21h, o Corinthians/Guarulhos enfrentará o Sesc-RJ, no ginásio da Ponte Grande.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Uriarte, Evandro, Simon, Isac, Leal, Filipe e Serginho (líbero)
entraram: Alemão, Fernando Cachopa e Éder Levi
técnico: Marcelo Mendez

Corinthians/Guarulhos: Rodrigo Ribeiro, Rivaldo, Riad, Luizinho, Ygor Ceará e Mineiro e Serginho (líbero)
entraram: Felipe, Alan, Gabriel Cândido, Cesinha e Gabriel Santos
técnico: Alexandre Stanzioni

foto: Renato Araujo/Sada Cruzeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário