(Superliga) Montes Claros começa 2018 com vitória sobre o JF Vôlei

Mesmo jogando na UFJF, o Montes Claros não se intimidou e venceu o JF Vôlei por 3 sets a 1, parciais de 23/25, 20/25, 25/20 e 23/25, pela 2ª rodada do returno da Superliga 2017/2018. Com o resultado, o Pequi Atômico chegou aos 11 pontos e assumiu a 9ª colocação, enquanto a equipe da Zona da Mata permanece com quatro pontos, ocupando o 11º lugar, ou seja, na zona do rebaixamento.

O clima começou muito quente no primeiro set. As duas equipes forçando o saque, tentando impor o seu ritmo de jogo. O time da casa se manteve à frente no placar durante quase todo o tempo e chegou a fazer 23 a 18, ficar muito próximo de liquidar o set. Mas alguns erros de ataque permitiram com que o Montes Claros encostasse e virasse, fechando a parcial em 23 a 25. 

A virada do primeiro set pareceu desanimar o time de JF Vôlei, que não conseguiu entrar bem na segunda etapa do jogo. Montes Claros esteve na frente do placar o tempo todo e não permitiu qualquer ameaça adversária: 12 a 16. Ainda sim, apoiado pela sua torcida que gritou o tempo todo, os donos da casa tentaram reagir, mas no erro de saque de Leozinho, o Pequi Atômico fez 20 a 25.

O terceiro set era a última oportunidade dos donos da casa tentarem uma vitória. Precisavam vencer de qualquer maneira e voltaram acertando mais. Até o meio do set, ninguém abria muita vantagem. Houve muita reclamação dos jogadores em relação à arbitragem, e Leozinho levou amarelo. O JF Vôlei havia acabado de empatar, 13 a 13, quando a torcida pediu a virada. E conseguiu. 15 a 13 no placar. A partir daí, administrou bem o set e não deixou o ritmo cair dessa vez. Quando abriu 22 a 19, o Montes Claros pediu tempo. Henrique Furtado aproveitou para dar instruções também ao seu time e colocou em quadra o oposto Welinton de 17 anos, que acabou de integrar a equipe, junto com o levantador Felipe. Os dois entraram no lugar de Adami e Emerson e Juiz de Fora chegou ao set point após um lindo bloqueio de Bruno. Com um ataque errado dos visitantes, os donos da casa fizeram 25 a 20.

O quarto set seguiu equilibrado. Com um bloqueio triplo de Juiz de Fora, abriram a melhor vantagem que conseguiram nessa etapa, 13 a 10. Em seguida, o Montes Claros conseguiu virar para 14 a 15. Mas o time da casa foi buscar e também virou, fazendo 16 a 15. Depois disso cometeu alguns erros de ataque que foram cruciais para perderem o set. Montes Claros fez 23 a 25 e levou para casa os pontos da partida.

“Não deixamos de ir para o chão em nenhuma bola (...) No primeiro set, acabamos dando a vitória para eles. Acontece, faz parte do esporte, mas vamos batalhar para que isso não aconteça (...) Eles têm bons bloqueadores. Mesa e Tarcísio são centrais de bloqueio, mandam bem nesse fundamento, mas também temos os nossos méritos. Foi um jogo bem disputado, mas eles tiveram um pouco a mais”, declarou o levantador Henrique Adami.

Na próxima sexta-feira, às 19h, o Montes Claros encara o Minas Tênis Clube, no ginásio Tancredo Neves. Já no sábado, às 18h, o JF Vôlei vai até Campinas enfrentar o Vôlei Renata, no ginásio Taquaral.

Equipes:

JF Vôlei: Adami, Emerson, Bruno, Rômulo, Rammé, Leozinho e Juan Mendez (líbero)
entraram: Athos, Welinton e Felipe
técnico: Henrique Furtado

Montes Claros: Sandro, Lorena, Najari, Lisandro, Mesa, Tarcísio e Vanderson (líbero)
entraram: Luan, Cristiano, Alemão e Alexander
técnico: Sérgio Cunha

foto: Mônica Cury/JF Vôlei

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sem apoio e problemas de estrutura, Rádio Clube/AVP decide fechar as portas

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata