(Superliga) Copel Telecom/Maringá recebe EMS Taubaté/Funvic no Chico Neto

Depois de pouco mais de um mês, o Copel Telecom/Maringá se reencontrará com sua torcida, no ginásio Chico Neto. A partida válida pela 2ª rodada do returno da Superliga 2017/2018 será neste sábado, às 18h30min, contra o EMS Taubaté/Funvic, no ginásio Abaeté. Os paulistas estão na 4ª colocação, com 25 pontos, enquanto a equipe paranaense, que tem apenas dois pontos, e está na lanterna.

Ano novo, vida nova. Esse é o pensamento de todos no Copel Telecom/Maringá. Após folga de três dias no final de 2017, a equipe paranaense retomou os treinamentos na última terça-feira e já sobe o comando do técnico Alessandro Fadul, que era assistente de Renato Lúcio, que deixou o clube. Além disso, outra mudança que todos esperam que ocorra é de postura em quadra.

“O EMS Taubaté/Funvic é uma excelente equipe. Temos que melhorar a performance e, para alcançarmos isto, estamos trabalhando forte”, afirmou o técnico Alessandro Fadul.

“Apesar do momento difícil do time, a torcida continua nos apoiando. E isso é muito importante para todos nós porque é uma motivação a mais”, disse o levantador Ricardinho.

Após a vitória apertada sobre o Minas Tênis Clube nas quartas de final da Copa Brasil, todos no EMS Taubaté/Funvic voltam sua atenção para a Superliga. Uma vitória é importante, ainda mais diante de um adversário em uma posição bem mais abaixo na tabela e por ter vindo de uma derrota, em casa, diante do Sesc-RJ, na abertura do returno.

“Nossa vitória contra o Minas pela Copa do Brasil foi importante porque não é fácil entrar em ritmo de jogo depois de mais de 15 dias parado. Mas o time respondeu bem em quadra, e o jogo em Maringá tem a mesma importância. Temos trabalhado para corrigir erros, e o quero do time é um jogo equilibrado, impondo nossa proposta e sempre mantendo o controle da partida.”, destacou o técnico Daniel Castellani.

“A pausa para festas foi importante e agora é momento de colocarmos em prática nosso melhor jogo. Essa maratona, com Copa do Brasil e Superliga tem seu lado bom, pois nos mantém no foco para vencer e acima de tudo jogar bem. Precisamos chegar lá e fazer nosso jogo e somar os pontos, um degrau de cada vez, e assim buscarmos brigar pela liderança novamente”, comentou o ponteiro Dante.

Equipes:

Copel Telecom/Maringá: Ricardinho, Alison, Wennder, Ialisson, Alê, Secco e Daniel (líbero)
técnico: Renato Lúcio

EMS Taubaté/Funvic: Rapha, Wallace, Otávio, Solé, Dante, Ivovoc e Thales (líbero)
técnico: Daniel Castellani

foto: Renato Araujo/Copel Telecom/Maringá

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sem apoio e problemas de estrutura, Rádio Clube/AVP decide fechar as portas

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata