(Superliga B) No interior paulista, UM Itapetininga se recupera e bate Botafogo

No encerramento da segunda rodada da Superliga B, o Vôlei UM Itapetininga passou pelo Botafogo por 3 sets a 0, parciais de 25/23, 25/19 e 25/19, no ginásio Ayrton Senna. Com a vitória, os comandados de Fabiano Magoo se recuperaram da derrota na estreia e somaram três pontos, enquanto os cariocas acaram sofrendo o primeiro revés e também estão com três pontos na classificação.

Precisando vencer após estrear com derrota, o UM Itapetininga entrou em quadra forçando bastante o saque com a intenção de quebrar o passe adversário. Com um Botafogo tentando cadenciar a partida, o primeiro set acabou ficando bem equilibrado e decidido nos detalhes a favor dos donos da casa: 25 a 23.

No segundo set, os ponteiros Birigui (substituindo Clinty) e Ademar não se intimidaram com a experiência dos adversários e foram responsáveis por grande parte dos pontos do UM Itapetininga na parcial. Com bom trabalho no saque e no bloqueio, o time paulista não deixou a frente do placar em nenhum momento e fechou por 25 a 19.

Mesmo com o levantador Marcelinho conseguindo fazer o time trabalhar, com destaque para Alex Damião, o Botafogo não conseguia parar o side-out do adversário. O saque do UM Itapetininga continuava a entrar com qualidade e aproveitando os erros dos cariocas, além de definir bem os contra-ataques, o time paulista fechou o duelo com um novo 25 a 19.

“Eu acho que a nossa linha de passe sofreu hoje e o nosso side-out não funcionou. Como não estávamos rodando ficou muito difícil. Nosso time tem uma idade avançada e não temos tanto gás para ganhar no break, e hoje o nosso side-out, que só funcionou no primeiro set, acabou ficando a desejar no restante da partida”, declarou o técnico Mauro Lima.

“Eu estou voltando aos poucos, tive quatro semanas de treino, focando na parte física para pegar uma boa base e minha ideia é fechar bem mais para a parte final da competição. Eu agora to ajudando no que posso e crescendo a cada treino e a cada jogo (...) Foi uma vitória importante porque está muito equilibrada essa Superliga B, sendo que perdemos para Blumenau. Temos que focar, melhor a cada jogo, independente do resultado, pois temos que chegar bem na fase final”, explicou o oposto André Nascimento.

“Uma vitória muito importante porque a lição que tomamos em Blumenau foi muito grande e acho que serviu para entrarmos mais concentrados no jogo de hoje. Sabíamos que seria uma partida difícil porque do outro lado tinha jogadores experientes e acho que funcionou porque fomos obedientes taticamente”, disse o levantador Ítalo.

foto: Alex Júnior

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sem apoio e problemas de estrutura, Rádio Clube/AVP decide fechar as portas

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata