(Copa Brasil) Sada/Cruzeiro e Sesc-RJ fazem primeiro duelo das semifinais

Sada/Cruzeiro e Sesc-RJ voltam a se enfrentar 12 dias depois de um duelo de alto nível válido pela Superliga 201720/18. Agora, a disputa será pela semifinal da Copa Brasil, que ocorre nesta quinta-feira, às 19h, no ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo. Naquela ocasião, os cariocas levaram a melhor no tie-break e a expectativa é de mais um jogo equilibrado, que terá transmissão do SporTV.

Independente de ser um torneio curto, o Sada/Cruzeiro não quer saber focar suas forças na Superliga e veio com o que tem de melhor para a capital paulista. O técnico Marcelo Mendez entende que o confronto será novamente difícil e que a cada duelo os dois clubes acabam se conhecendo melhor e tentando entender como funciona cada ‘arma’ do adversário.

“Temos que prestigiar os clubes que investem no voleibol. Viemos com força máxima para prestigiar o torneio e precisamos fazer isso também pelo clube que está promovendo a realização da Copa Brasil, neste ano, o Sesi-SP. É importante e envolve duas grandes partidas”, disse o treinador Marcelo Mendez.

“O nosso time está bem focado, bem concentrado, coeso. Acho que todos estão crescendo em um bom momento e a equipe está bem fechada, para chegar firme nesta fase final da Copa Brasil. Com certeza será uma partida difícil contra o Sesc, mas jogo é jogado. Dependemos muito do nosso trabalho, da gente sacar bem, estruturar bem o nosso bloqueio-defesa. Eles têm um poder de ataque também muito bom, mas eu acho que se a gente sacar bem, uma coisa que nós não fizemos contra eles lá no Rio de Janeiro, pela Superliga, nós podemos sobressair. Temos que nos preocupar com o nosso time. Essa semifinal é uma grande decisão, contra um adversário forte, mas as atenções precisam ser voltadas para nós, para fazermos o nosso melhor e com certeza as coisas vão fluir para a gente”, analisou o ponteiro Filipe.

Pelo lado do Sesc-RJ, a vitória pela Superliga faz parte do passado e o momento é de focar em conquistar um novo resultado positivo diante dos mineiros. O técnico Giovane Gavio acredita que a partida será novamente equilibrada e com cada um utilizando o que tem de melhor para chegar a decisão. Vale destacar o bom momento vivido pelo levantador Thiaguinho e pelos ponteiros Maurício Borges e João Rafael.

“Ainda estamos em lua de mel. Chegamos este ano e estamos curtindo a felicidade de poder estar no grupo de elite do voleibol brasileiro e espero que o meu time jogue com alegria e curtindo cada ponto desse momento tão importante do calendário”, comentou o técnico Giovane Gavio. 

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Nico Uriarte, Evandro, Leal, Filipe, Simon, Isac e Serginho (líbero)
técnico: Marcelo Mendez

Sesc-RJ: Thiaguinho, Renan, Maurício Souza, Tiago Barth, João Raphael, Maurício Borges e Tiago Brendle (líbero)
técnico: Giovane Gávio

foto: Renato Araújo/Sada Cruzeiro

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sem apoio e problemas de estrutura, Rádio Clube/AVP decide fechar as portas

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata