(Superliga) No Taquaral, Vôlei Renata bate Ponta Grossa/Caramuru

Jogando no ginásio Taquaral, o Vôlei Renata derrotou o Ponta Grossa/Caramuru por 3 sets a 0, parciais de 25/21; 25/21 e 25/22, pela 1ª rodada do returno da Superliga 2017/2018. Com o resultado, o time de Campinas chegou aos 17 pontos e permaneceu na 7ª colocação, enquanto a equipe paranaense segue na 9ª posição, com 11 pontos, ainda querendo um lugar nos playoffs.

Apoiado pela torcida, o Vôlei Renata começou concentrado e em bloqueio de Vini logo abriu vantagem: 3 a 0. Firme no saque e usando a velocidade pela ponta com Diogo e Renan, que combinaram para nove pontos de ataque, os campineiros não tiveram problemas para controlar o primeiro set. Na reta final, Diogo anotou belo ponto de bloqueio e os donos da casa fizeram 25 a 21 após erro de saque do adversário.

O segundo set foi mais equilibrado. Os visitantes cresceram e chegaram a ficar na frente do placar, abrindo dois pontos de vantagem (13 a 11). Em passagem de Salsa pelo saque, no entanto, o Vôlei Renata retomou o controle da partida. Com direito a dois aces do central e contra-ataques, os campineiros passaram na frente (15 a 13). Com a vantagem, o time da casa manteve a consistência na virada de bola e não teve problemas para fazer 25 a 21. 

No terceiro set, o Vôlei Renata teve que buscar forças no saque de Diogo para garantir a vitória. Os paranaenses entraram dispostos a dificultar o duelo e chegaram a abrir até quatro pontos de vantagem no decorrer da parcial (18 a 14). Já na reta final da parcial, o camisa 7 campineiro foi para o saque e os donos da casa engataram uma boa sequência, com ace, bloqueio de Vini e uma série de erros do adversário. Desta forma, passaram na frente do placar (23 a 20). Em ataque de Renan, eleito o melhor em quadra, os donos da casa fizeram 25 a 22.

“Tivemos consistência durante o jogo, no saque, na virada de bola e conseguimos alcançar esta vitória. Termino o ano bastante satisfeito e tranquilo em saber que começaremos ano que vem no caminho certo”, comentou o técnico Horacio Dileo.

“Não fizemos uma boa partida hoje. Pecamos muito no passe e voltamos a errar de forma exagerada no saque (...) Agora é hora de descansar um pouco, retomar as energias e pensar no returno. Começamos em uma sequência difícil de jogos, com equipes favoritas ao título, mas o objetivo é continuar evoluindo e chegar inteiros para nossos confrontos diretos”, disse o treinador Fábio Sampaio.

Agora as duas equipes só voltam as quadras no dia 13 de janeiro. O Vôlei Renata encara o Lebes Canoas, às 18h, no ginásio La Salle, enquanto o Ponta Grossa/Caramuru enfrenta o Sesi-SP, às 11h30min, no ginásio da Vila Leopoldina. Antes disso, o time de Campinas terá pela frente a Copa Brasil.

Equipes:

Vôlei Renata:
Rodriguinho, Vissotto, Diogo, Renan, Salsa, Vini e Facundo Santucci (líbero)
entraram: Matheus e Krauchuk
técnico: Horacio Dileo

Ponta Grossa/Caramuru: Índio, Leozão, Cris, Thales, Bruno Rubbo, Peron e Bruninho (líbero)
entraram: Gustavo, Mendel, Maycon, Antony e Léo
técnico: Fábio Sampaio

foto: Marcos Ribolli/ Vôlei Renata

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio