(Superliga) No Taquaral, Vôlei Renata faz 3 a 0 no Copel Telecom/Maringá

O Vôlei Renata venceu o Copel Telecom/Maringá por 3 sets a 0, parciais de 29/27, 25/20 e 25/16, no ginásio Taquaral, pela 11ª rodada da Superliga 2017/2018. Com o resultado, o time de Campinas chegou aos 14 pontos e permanece na 8ª colocação, enquanto a equipe paranaense continua sem vencer na competição e na lanterna, com apenas dois pontos ganhos.

O primeiro ponto da partia foi paranaense com o oposto Alison. Tiago Mão respondeu para o time da casa. Com Salsa, o Vôlei Renata colocou dois de vantagem: 7 a 5. Vini manteve a diferença no placar marcando 9 a 7. Com Diogo, os donos da casa fizeram 11 a 8. Quando o placar apontou 13 a 9, Renato Lúcio pediu tempo. Salsa bloqueou e levou o Vôlei Renata a 15 a 10. No ataque do levantador Ricardinho, o Copel Telecom Maringá Vôlei fez 12 a 16. Com dois bloqueios seguidos, o time paranaense aproximou no marcador: 15 a 17. A equipe campineira chegou a 22 a 18. O Copel Telecom Maringá aproximou em 20 a 22 e Horacio Dileo pediu tempo. Na volta, com dois erros do Vôlei Renata, o time paranaense empatou: 22 a 22. O Copel Telecom ainda chegou a 24 a 23 e Dileo parou de novo. Vissotto fez 24 a 24. Novo empate em 26 a 26. E, com Vissotto, 29 a 27.

O Vôlei Renata começou bem o segundo set e logo abriu 4 a 1. O Copel Telecom Maringá Vôlei reagiu e encostou no placar em 3 a 4. O time da casa colocou quatro de vantagem em 11 a 7. O marcador ficou ainda mais favorável a equipe paulista em 13 a 8, forçando Renato Lúcio a pedir tempo. Com Vissotto atacando contra o bloqueio triplo, o Vôlei Renata chegou a 14 a 8. O Copel Telecom buscou e tirou a desvantagem para 14 a 17. O Vôlei Renata seguiu dominando a parcial e, em um set mais tranquilo, Salsa fechou em 25 a 20.

As equipes seguiram trocando pontos no início do terceiro set. Salsa, em boa combinação com Rodriguinho, fez 4 a 3 para o Vôlei Renata. O time da casa colocou dois de diferença no placar no erro do adversário: 8 a 6. No contra-ataque de Salsa, a equipe campineira chegou a 12 a 8 e Renato Lúcio parou o jogo. No ponto de saque de Vissotto, o Vôlei Renata marcou 14 a 9. A diferença no placar chegou a seis em 16 a 10. Os donos da casa fizeram 18 a 11 e o técnico do Copel Telecom Maringá pediu tempo. O Vôlei Renata abriu grande vantagem em 20/12. No erro do adversário, o time campineiro fez 23 a 15. No final, 25 a 16.

“O principal foco era esse. Estávamos com uma sequência ruim em casa e o torcedor estava merecendo uma boa atuação. Jogando em Campinas estávamos deixando a desejar. Mesmo hoje, no primeiro set bateu o nervosismo, mas depois o time jogou melhor, o nosso jogo fluiu e conseguimos presentear o torcedor com a vitória”, disse o oposto Leandro Vissotto.

“Entramos um pouco pressionados na busca por essa vitória. A partir da metade do segundo set, conseguimos nos soltar e fazer o que queremos. Vamos descansar e voltar com tudo. Semana que vem temos outro jogo complicado e queremos terminar o ano com outro boa vitória”, comentou o técnico Horacio Dileo. 

“Temos que pensar muito nessa temporada, que está preocupante. Acabamos o primeiro turno em último na tabela, mas é seguir em frente. É difícil perder um turno inteiro, mas agora é trabalhar a cabeça dessa garotada e buscar os resultados (...) O time vai bem em alguns momentos, mas a inexperiência conta bastante. Nesse atual momento, tudo pesa. O psicológico também. É muita pressão de diferentes lados, mas temos que ter paciência”, comentou Ricardinho.

O Vôlei Renata volta a jogar na próxima quinta-feira, dia 21, às 20h, diante do Ponta Grossa/Caramuru, novamente no ginásio Taquaral. Neste mesmo dia, às 19h, o Copel Telecom/Maringá enfrenta o Sesi-SP, no ginásio da Vila Leopoldina.

Equipes:

Vôlei Renata: Rodriguinho, Leandro Vissotto, Vini, Salsa, Diogo, Tiago Mão e Facundo (líbero)
entraram: Matheus, Krauchuk, Renan e Júnior
técnico: Horacio Dileo

Copel Telecom/Maringá: Ricardinho, Alison, Wennder, Ialisson, Alê, Secco e Daniel (líbero)
entraram: Matheus, Jeancarlos, Johan e Kaio
técnico: Renato Lúcio

foto: Luciano Claudino/Vôlei Renata

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio