terça-feira, 28 de novembro de 2017

(Superliga) Vôlei Renata salva match points e derrota EMS Taubaté/Funvic

Jogando no ginásio Abaeté, o Vôlei Renata derrotou, de forma emocionante, o EMS Taubaté/Funvic por 3 sets a 2, parciais de 25/17; 19/25; 25/18; 25/27 e 16/14, pela 8ª rodada da Superliga 2017/2018. Com o resultado, o time de Campinas chegou aos 11 pontos e se manteve na 7ª posição, enquanto a equipe do Vale do Paraíba alcançou os 20 pontos e aparece na 4ª colocação da tabela.

O Vôlei Renata começou a partida a todo vapor. Com boas sequências de saque de Diogo, Vissotto e Vini, o time campineiro anotou cinco aces na parcial e foi abrindo caminho. O EMS Taubaté/Funvic equilibrou as ações, mas a equipe visitante seguiu errando menos e sendo mais efetiva nas bolas de ataque, fechando o primeiro set em 25 a 17.

O segundo set iniciou com a EMS Taubaté/Funvic compensando o mau primeiro período. Os donos da casa adotaram outra postura, e com um jogo mais efetivo abriram quatro pontos de vantagem. Variando bem o saque entre tático e forçado, os taubateanos dificultaram bastante a recepção do adversário, e seguiram administrando a vantagem no placar até fecharem em 25 a 19.

Com a partida empatada o terceiro set começou com mais equilíbrio. Um susto: o ponteiro Lucarelli caiu de mal jeito e sentiu o tornozelo direito. Ele acabou sendo substituído e não voltou para o restante da partida. Os taubateanos começaram na frente, mas o Vôlei Renata reagiu, virou o jogo e abriu vantagem no marcador. No final, 25 a 18 para os visitantes, com destaque para o central Salsa.

O quarto set começou novamente com equilíbrio, mas a EMS Taubaté/Funvic seguiu cometendo muitos erros de ataque. O treinador Daniel Castellani fez novas alterações, utilizando também o central Nicolas, na tentativa mudar a postura do time em quadra. Os taubateanos apostaram na variação de saque para tentar reverter a vantagem dos visitantes. Num final de set emocionante, o Taubaté virou e venceu por 27 a 25.

Na parcial de desempate, os times trocaram pontos no início (9 a 9). Os donos da casa chegaram a abrir boa vantagem (14 a 11), mas não aguentaram a pressão no saque de Diogo e acabaram tomando a virada. Bom para os comandados do técnico Horacio Dileo, que fizeram 16 a 14.

“Jogamos mal, mas a equipe tentou, buscou, não dá para dizer que faltou garra. A torcida ajudou muito, mas erramos muito no início do jogo e no terceiro set. Temos que sentar e analisar o que ocorreu, Isso não pode se repetir. Esperamos um jogo difícil contra o Sesi-SP, e teremos de estudar bastante eles, focar nos nossos erros e voltar a fazer jogos consistentes o tempo todo”, analisou o líbero Thales.

No próximo sábado, às 19h, o Vôlei Renata encara o líder Sada/Cruzeiro, no ginásio Amadeus Teixeira, em Manaus. No mesmo dia, às 19h30min, o EMS Taubaté/Funvic pega o Sesi-SP, no ginásio da Vila Leopoldina. 

Equipes:

EMS Taubaté/Funvic: Raphael, Wallace, Solé, Otávio, Lucarelli, Dante e Thales (líbero)
entraram: Ruiz, Matheus, Ivovic, Renan e Nicolas
técnico: Daniel Castellani

Vôlei Renata:
Rodriguinho, Leandro Vissotto, Tiago Mão, Diogo, Salsa, Vini e Santucci (líbero)
entraram: Renan, Matheus, Júnior e Krauchuk
técnico: Horacio Dileo

foto: Rafinha Oliveira/ EMS Taubaté Funvic

Nenhum comentário:

Postar um comentário