quinta-feira, 9 de novembro de 2017

(Superliga) Sesc-RJ derrota Ponta Grossa/Caramuru e continua no G-4

Pela 5ª rodada da Superliga 2017/2018, o Sesc-RJ derrotou o Ponta Grossa/Caramuru por 3 sets a 0, parciais de 25/15, 25/18 e 25/15, na Arena Multiuso. Com o resultado, a equipe carioca chegou aos 13 pontos e aparece na 3ª colocação, enquanto o time paranaense segue sem vencer, na 10ª posição, sem nenhum ponto conquistado na competição.

O início do jogo foi acirrado, com os times disputando jogada a jogada até igualarem em seis pontos. Em uma sequência de saques do central Maurício Souza, o Sesc-RJ abriu margem de cinco pontos. Essa vantagem se manteve a favor dos visitantes até o fim do primeiro set, finalizado em 15 a 25. 

O Ponta Grossa/Caramuru retomou o foco para o segundo set e evoluiu na partida. Antony e Caio saíram do banco para liderar a equipe no ataque. Entretanto, o Sesc-RJ manteve à frente no placar até 16 a 18, quando o time paranaense reagiu e alcançou o placar (18 a 18). Os cariocas voltaram a sacar bem, revertendo o placar 18 a 21, seguindo a boa tendência de saques até o fim da parcial, fechando a 19 a 25.

No terceiro set, o Sesc-RJ voltou a impor um maior volume de jogo, dificultando o trabalho da equipe ponta-grossense. Tendo boa vantagem durante o jogo, os comandados de Giovane Gavio foram administrando o até o fim do set, fechado também em 15 a 25.

“Essa é uma das chaves do Sesc-RJ na Superliga. O vôlei vem ficando mais rápido e a gente está seguindo essa tendência. Sabemos que temos um potencial bastante grande de ataque. Jogando fora é importante conquistar alguns pontos porque a Superliga é longa e está muito equilibrada. Cada pontinho fora é muito importante”, afirma o central Thiago Barth, eleito o melhor em quadra.

“O time jogou muito bem, principalmente no saque, conseguiu colocar pressão o tempo inteiro e aí facilitou o nosso trabalho de bloqueio, a gente jogou muito bem no sistema defensivo. A equipe hoje foi muito aplicada. A disciplina tática foi muito bem aplicada dentro de campo”, analisou o técnico Giovane Gavio.

“A equipe cansou, jogamos muito abaixo. Quando sentimos a condição técnica inferior, deixamos a equipe titular descansar pois sábado temos um jogo importante. Não tem muito o que falar, a não ser pedir desculpas para a torcida que nos apoiou muito (...) Ao mesmo tempo, lições como essas são boas para a equipe colocar os pés no chão e perceber que ainda falta muito pra chegar entre as grandes equipes. Fizemos bons jogos, mas falta muito pra estar no nível dessas equipes”, declarou o técnico Fábio Sampaio.

“Temos que sair de cabeça erguida, ir pra Maringá, esquecer o que aconteceu e fazer um bom jogo pra voltar com uma vitória, pois só isso é que nos interessa”, afirmou o oposto Caio.

As duas equipes voltam a quadra no próximo sábado. Às 18h30min, o Ponta Grossa/Caramuru encara o Copel Telecom/Maringá, no Ginásio Chico Neto, enquanto o Sesc-RJ pega o Lebes Canoas, às 19h, na Arena Jeunesse.

Equipes:

Ponta Grossa/Caramuru: Leozão, Índio, Thales, Perón, Leo, Maycon e Bruninho (líbero)
entraram: Diego, Gustavo, Cristiano, Zapata, Caio e Antony
técnico: Fábio Sampaio

Sesc-RJ: Thiaguinho, Renan, Tiago Barth, João Rafael, Mauricio Borges, Maurício Souza e Tiago Brendle (líbero)
entraram: Everaldo, PV e Renatão
técnico: Giovane Gávio

foto: José Tramontin/Ponta Grossa Caramuru Vôlei

Nenhum comentário:

Postar um comentário