quinta-feira, 30 de novembro de 2017

(Superliga) Sesc-RJ assegura oitava vitória ao bater o Montes Claros

Na abertura da 9ª rodada da Superliga 2017/2018, o Sesc-RJ derrotou o Montes Claros por 3 sets a 0, parciais de 27/25, 25/17 e 25/23, no ginásio Tancredo Neves. Com o resultado, o time carioca somou sua oitava vitória e chega aos 25 anos e continua na vice-liderança, enquanto a equipe mineira parou nos cinco pontos, ocupando a 10ª colocação. 

Renan abriu o placar do jogo para o Sesc-RJ. Tarcísio fez 1 a 1 no bloqueio. No erro do adversário, o Montes Claros fez 3 a 2. O Sesc-RJ voltou a assumir o comando do marcador em 5 a 4. O set seguiu bem disputado, com equilíbrio. Com dois erros seguidos do adversário, o time da casa fez 11 a 10 e Giovane pediu tempo. A parcial seguiu ponto a ponto e o empate em 13 a 13. Com zanotti, o Montes Claros marcou 17 a 16. Com erros do adversário, os donos da casa abriram três (20 a 17). O Sesc-RJ parou o jogo. O time carioca encostou em 20 a 21 e foi a vez de Sérgio Cunha pedir tempo. O Sesc-RJ chegou ao ponto de empate em 23 a 23. Alemão marcou 24 a 23. No bloqueio de Maurício Souza, 26 a 25, e no bloqueio de Tiago Barth, 27 a 25.

Com bom ritmo, o Sesc-RJ abriu 3 a 1 no começo do segundo set. Na sequência, com Najari, o Montes Claros Vôlei encostou em 3 a 4. Com erros consecutivos do time mineiro, o grupo carioca abriu cinco de vantagem (11 a 6). O time carioca ainda chegou a 14 a 6 e o treinador do time mineiro parou o jogo com pedido de tempo. Com Lorena, que havia entrado há pouco, o Montes Claros fez 8 a 16. Com Renan, o Sesc-RJ marcou 21 a 12. No final, Maurício Borges fechou em 25 a 17.

Japa abriu o placar do terceiro set. Lorena pontuou para o time da casa, deixando tudo igual no placar: 4 a 4. A equipe carioca abriu dois pontos (7 a 5) e Zanotti colocou a equipe mineira encostada no placar em 6/7. O adversário marcou 9 a 6 e Sérgio Cunha pediu tempo. O grupo comandado por Giovane chegou a 12 a 8. Com dois bloqueios seguidos, o Montes Claros Vôlei marcou 10 a 12 e o Sesc RJ parou o jogo. O time do Rio de Janeiro voltou a abrir vantagem em 15 a 12. Lorena colocou a equipe da casa bem próximo em 14 a 15. Renan voltou a colocar o Sesc RJ com dois de vantagem: 20 a 18. No bloqueio de Sandro, 20 a 21 para o Montes Claros. O time da casa ainda encostou em 23 a 24, mas no erro de saque do adversário, o Sesc RJ fechou em 25 a 23.

“Substituir o João Rafael não é fácil. Ele é um atleta muito forte, que ajuda muito no nosso ataque, e eu sou de outra característica, atuando mais no passe. Mas, independentemente disso, tento ajudar de todas as formas (...) Fico feliz pela vitória e pelo troféu. Treinamos todos os dias para conseguir uma boa atuação e ainda bem que hoje foi um dia que deu tudo certo”, disse o ponteiro Japa.

Na próxima quarta-feira, dia 6, às 19h30min, o Montes Claros enfrenta o Copel Telecom/Maringá, no ginásio Chico Neto. Já o Sesc-RJ voltará a jogar diante de sua torcida, na quinta-feira, dia 7, às 21h45min, contra o Vôlei Renata, na Jeunesse Arena.

Equipes:

Montes Claros: Sandro, Alemão, Tarcísio, Mesa, Zanotti, Najari e Alan (líbero)
entraram: Vanderson, Mudo, Luan, Lorena e Cristiano
técnico: Sérgio Cunha

Sesc-RJ: Thiaguinho, Renan, Maurício Souza, Tiago Barth, Japa, Maurício Borges e Alexandre (líbero)
entraram: PV e Everaldo
técnico: Giovane Gávio

foto: Leticia Soares/Montes Claros

Nenhum comentário:

Postar um comentário