sábado, 4 de novembro de 2017

(Superliga) Sada/Cruzeiro derrota Ponta Grossa/Caramuru e segue líder

Em partida disputada na Arena Multiuso, o Sada/Cruzeiro bateu o Ponta Grossa/Caramuru por 3 sets a 1, parciais de 25/20, 23/25, 25/21 e 30/28, pela 4ª rodada da Superliga 2017/2018. Com o resultado, o time mineiro segue na liderança, agora com 15 pontos, enquanto a equipe paranaense segue sem vencer e sem pontuar, ocupando a 11ª colocação.

A partida iniciou com o Sada/Cruzeiro impondo um ritmo forte e colocando 3 a 6 no placar; Entretanto, os donos da casa se recuperaram e empataram o placar: 6 a 6. A partida seguiu equilibrada, sendo que em um dos três aces de Thales na partida, o Ponta Grossa/Caramuru chegou a virar e fazer 12 a 11. Mesmo assim, os visitantes mantinham certo controle do jogo e conseguiram abrir na reta final do set: 17 a 19 e no contra-ataque de Filipe fizeram 17 a 22. No final, no erro de saque do adversário, o Sada/Cruzeiro fechou em 20 a 25.

O segundo set iniciou equilibrado, mas o Ponta Grossa/Caramuru, contando com uma boa eficiência no saque, com direito a ace de Peron, fez 9 a 6. A diferença logo se desfez com bom trabalho de bloqueio do Sada/Cruzeiro, sendo que com Eder Levi, os visitantes encostaram: 14 a 13. O empate era questão de tempo e em novo bloqueio, agora de Nico Uriarte, tudo ficou igual 17 a 17. Daí, a parcial acabou sendo definida no detalhe e quem levou a melhor foram os donos da casa: 25 a 23.

O Sada/Cruzeiro iniciou forte o terceiro set e logo abriu 2 a 5, mas os donos da casa não se intimidaram e empataram o duelo: 5 a 5. Com bom trabalho no saque e o oposto Leozão soltando o braço, o Ponta Grossa/Caramuru fez 16 a 13, obrigando Marcelo Mendez a pedir tempo. Com uma grande sequência no saque de Eder Levi, os mineiros empataram: 19 a 19 e novamente o duelo foi definido nos detalhes. Desta vez foi o Sada/Cruzeiro quem se deu bem e no ataque de Filipe fechou em 21 a 25.

No último set, a equipe ponta-grossense mais uma vez abriu três pontos de vantagem nos primeiros rallys do jogo, mas o Sada/Cruzeiro não deixou a brecha permanecer por muito tempo: 10 a 10. Com uma bola de check de Alemão, os visitantes abriram 14 a 12, o que fez o técnico Fabio Sampaio para o jogo. A parada deu resultado e o Ponta Grossa/Caramuru encostou novamente: 16 a 16, igualdade essa que foi se arrastando pelo set. Com Leal, os cruzeirenses abriram 18 a 20 e com Isac no bloqueio, o placar era de 19 a 23. Os donos da casa reagiram e encostaram 23 a 24 e a sequência foi de muita emoção. No final, 28 a 30 para o Sada/Cruzeiro.

“A equipe de Caramuru impôs muita pressão o jogo inteiro, com saque difícil, muito volume de jogo, defesa, contra-ataque e a torcida daqui é quente. Por outro lado, nós estivemos um pouco abaixo, com muitas oscilações durante a partida. Isso serve de aprendizado (...) Se não jogar em bom nível o tempo todo, não se ganha de ninguém. A Superliga está extremamente equilibrada, e esse jogo de hoje foi um bom teste. Ainda bem que saímos com a vitória. Pude ajudar a equipe e estou muito feliz por isso”, comentou o levantador Fernando Cachopa.

“O time sofreu muito no passe, mas depois trabalhamos bem no ataque. A entrada do Cachopa foi muito boa, rodamos quase 100% de bola depois que ele entrou em quadra e fico feliz pela boa atuação do nosso levantador (...) Não imaginávamos encontrar uma festa tão grande. Todos estão de parabéns e estou muito feliz por encontrar tantos torcedores e fãs do voleibol aqui em Ponta Grossa”, destacou o treinador Marcelo Mendez.

“Vale a pena ver a evolução da equipe, mas pecamos em alguns detalhes mais fáceis, jogando contra uma equipe pesada. Poderíamos ter levado para o tie break, conquistado o primeiro ponto e quem sabe tudo poderia ser diferente”, declarou o técnico Fábio Sampaio.

“Estamos numa crescente boa, mas hoje a derrota foi por detalhes, erros bobos. Nos doamos ao máximo, mas no voleibol, quem erra menos vence o jogo”, disse o ponteiro Leo.

O Sada/Cruzeiro volta a quadra na próxima quarta-feira, às 17h, para enfrentar o Lebes Canoas, no ginásio La Salle. Já o Ponta Grossa/Caramuru encara no mesmo dia, às 20h, o Sesc-RJ, novamente na Arena Multiuso.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Nico Uriarte, Evandro, Filipe, Rodriguinho, Isac, Éder Levi e Serginho (líbero)
entraram: Fernando Cachopa, Alemão, Leal e Pablo
técnico: Marcelo Mendez

Ponta Grossa/Caramuru: Leozão, Índio, Thales, Perón, Leo, Maycon e Bruninho (líbero)
entraram: Diego, Gustavo, Cristiano, Caio e Antony
técnico: Fábio Sampaio

foto: José Tramontin/Ponta Grossa Caramuru Vôlei

Nenhum comentário:

Postar um comentário