sábado, 4 de novembro de 2017

(Superliga) No tie-break, Corinthians/Guarulhos supera Montes Claros

Em jogo equilibrado, o Corinthians/Guarulhos derrotou o Montes Claros por 3 sets a 2, parciais de 17/25, 25/17, 21/25, 25/22 e 15/10, no ginásio da Ponte Grande, pela 4ª rodada da Superliga 2017/2018. Com o resultado, o Timão chegou aos quatro pontos, assumindo a 8ª colocação, enquanto os mineiros pararam na mesma pontuação e caíram para a 9ª posição.

Zanotti pontuou a favor do Montes Claros Vôlei no primeiro ponto do jogo. Lorena fez 2 a 0. E o ponteiro Mineiro respondeu para o Corinthians-Guarulhos explorando o bloqueio de Lorena. Depois de bom saque de Zanotti, Vivalde pontuou e o time mineiro fez 5 a 2. Com Mesa, a equipe visitante abriu boa vantagem (9 a 4), forçando Stanzioni a pedir tempo. Zanotti marcou 11 a 6. Lorena levou o Montes Claros a 14 a 7 e o Corinthians-Guarulhos parou novamente. Com Vivalde, o time mineiro marcou 18 a 11. No bloqueio de Tarcísio, 20 a 12. Sem enfrentar muitas dificuldades, o Montes Claros fez 23 a 14 e, na sequência, fechou em 25 a 17.

O Corinthians/Guarulhos voltou mais agressivo para o segundo set e, em boa passagem de Luizinho pelo saque, abriu 4 a 0. Sérgio Cunha parou o jogo com pedido de tempo. Na volta, Vivalde pontuou para o Montes Claros. No bloqueio de Luizinho, os donos da casa ainda abriram 9 a 4. Explorando o bloqueio adversário, Mineiro colocou sete de vantagem para o Corinthians/Guarulhos: 13 a 6. O Montes Claros pediu tempo. Com Mineiro, o time da casa chegou a 17 a 8. Ao contrário do que aconteceu no set anterior, desta vez o Corinthians/Guarulhos que seguiu com folga no placar (23 a 16). No final, vitória paulista por 25 a 17.

Com Tarcísio bem no saque, o Montes Claros logo abriu 4 a 0 no início do terceiro set. Assim como aconteceu na parcial anterior, em situação invertida, Alexandre Stanzioni pediu tempo. No ace de Sidão, o Corinthians/Guarulhos encostou no placar: 5 a 6. Lorena marcou 10 a 8 para o time mineiro. A vantagem se manteve em dois em 12 a 10 e o Corinthians/Guarulhos deixou tudo igual em 12 a 12. Na sequência, o time da casa assumiu o comando do marcador (15 a 14) e o adversário pediu tempo. Zanotti pontuou e colocou o Montes Claros novamente no comando: 16 a 15. O time visitante abriu dois em 19 a 17 e três em 23 a 20. Depois de bom saque de Cristiano, o Montes Claros fechou em 25 a 21.

O quarto set começou com equilíbrio, com as equipes empatando em 3 a 3. No bloqueio de Ygor Ceará, o Corinthians/Guarulhos abriu vantagem, marcou 6 a 3, e Sérgio Cunha pediu tempo. A diferença no placar aumentou ainda mais para o time paulista no bloqueio de Sidão: 12 a 8. Com ponto de saque de Sandro, o Montes Claros encostou em 11 a 12 e Stanzioni pediu tempo. Rivaldo pontuou e o time corinthiano voltou a abrir dois (15 a 13). Quando o placar foi a 19 a 14, o treinador do Montes Claros pediu tempo. O marcador ainda foi a 21 a 16. O grupo mineiro reagiu e, quando marcou 19 a 21, Stanzioni pediu tempo. Com Mesa bem no saque, o Montes Claros ainda encostou em 20 a 21. Mas, o Corinthians voltou a pontuar e, com Sidão, fechou em 25 a 22.

O set decisivo começou equilibrado. Rivaldo, na mão de ferrou, colocou o Corinthians-Guarulhos na frente em 3 a 2. O time da casa seguiu melhor e, na troca de quadra, novamente teve um de vantagem (8 a 7). Bem em quadra, o ponteiro Mineiro colocou a equipe paulista com três de vantagem em 10 a 7. O Corinthians/Guarulhos seguiu melhor e fechou em 15 a 10.

“Conseguimos esse resultado nos detalhes. Pecamos muito nos sets em que perdemos, até por grande diferença, mas soubemos juntar e não perder a cabeça. Isso fez a diferença. Nos unimos e deu certo no final”, comentou o ponteiro Mineiro, que foi o maior pontuador da partida, com 20 acertos.

“Faltaram alguns detalhes no final de set. Tivemos chance no quarto e até a metade do tie-break, mas enfrentamos uma grande equipe e isso faz parte. Viemos pecando, hoje já foi melhor, conseguimos manter o alto nível principalmente no primeiro e terceiro sets e precisamos manter essa consistência (...) Por essa evolução que já sentimos hoje, a nossa equipe está de parabéns. Eles também fizeram uma grande partida e sabemos que a Superliga toda será assim, sempre com muito equilíbrio”, disse o levantador Sandro.

Na próxima quarta-feira, às 19h30min, o Corinthians/Guarulhos enfrenta o Copel Telecom/Maringá, no ginásio Chico Neto. No mesmo dia, às 20h30min, o Montes Claros recebe o Vôlei Renata, no ginásio Tancredo Neves.

Equipes:

Corinthians/Guarulhos: Rodrigo Ribeiro, Rivaldo, Luizinho, Sidão, Ygor Ceará, Mineiro e Serginho (líbero)
entraram: Matoso e Gabriel
técnico: Alexandre Stanzioni

Montes Claros: Sandro, Lorena, Mesa, Tarcísio, Vivalde, Zanotti e Alan (líbero)
entraram: Cristiano, Luan, Alemão e Dianini
técnico: Sérgio Cunha

foto: July Stanzioni/Corinthians-Guarulhos

Nenhum comentário:

Postar um comentário