quinta-feira, 9 de novembro de 2017

(Superliga) Minas Tênis Clube supera, de virada, Sesi-SP em Belo Horizonte

Jogando na Arena, em Belo Horizonte, o Minas Tênis Clube derrotou, de virada, o Sesi-SP, por 3 sets a 1, parciais de 20/25, 25/23, 25/21 e 25/22, pela 5ª rodada da Superliga 2017/2018. Com a vitória, os comandados de Nery Tambeiro chegaram aos 13 pontos e assumiram a 4ª colocação, enquanto o time paulistano parou nos 12 pontos e caiu para a 5ª posição da tabela.

Com Douglas Souza e Lipe pontuando, além dos centrais Lucão e Gustavão sendo bem acionados nas jogadas rápidas, o Sesi-SP conseguiu abrir vantagem e vencer o primeiro set por 20 a 25. No segundo set, o Minas Tênis Clube cresceu e com o levantador Marlon distribuindo bem as bolas entre seus atacantes conseguiu dar o troco, apesar do bom desempenho dos paulistas: 25/23.

Já no terceiro set, o Minas Tênis Clube iniciou melhor. O Sesi-SP se perdeu em seus próprios erros, e o time da casa soube aproveitar para abrir boa vantagem. Com o passe na mão, o levantador Marlon fez boa distribuição, e o ataque funcionou. No fim, vitória do Minas por 25 a 21. Determinados a conquistar a vitória, os jogadores minastenistas voltaram com o mesmo ritmo para o quarto set. Com bom aproveitamento nos contra-ataques, o time venceu por 25 a 22 e deu números finais ao jogo.

“O troféu de melhor em quadra fica pequeno perto da garra e do comprometimento que essa equipe tem. Hoje, sacamos bem e passamos bem. Buscamos sempre algo maior, nosso crescimento individual e também como equipe. Temos nos fortalecido cada vez mais. E, quando jogamos na Arena, nos sentimos mais poderosos, com o apoio da torcida e das pessoas que gostam de voleibol. Procuramos sempre fazer o melhor”, comemorou o levantador Marlon.

“Quando nossas peças jogam perto do limite, ficamos muito competitivos. Foi uma bela partida do Roque e do Bisset. Quando a equipe oscila, e eles são jovem e vão oscilar, perdemos o padrão. Mantivemos o padrão e criamos dificuldades para o Sesi-SP. Nosso sucesso depende do desempenho retilíneo de nossos jogadores”, afirmou o técnico Nery Tambeiro.

“Nós não entramos bem em quadra. Erramos muito. Saque, contra-ataque e o Minas mereceu a vitória. Eles foram melhor em casa, erraram menos e é assim que funciona. Nessa temporada não tem jogo fácil e temos que trabalhar e brigar por cada ponto na competição”, comentou o técnico Rubinho.

No próximo sábado, às 21h, o Minas Tênis Clube encara o EMS Taubaté Funvic, no ginásio Abaeté. Já no domingo, às 13h, o Sesi-SP pega o Montes Claros, no ginásio da Vila Leopoldina.

Equipes:

Minas Tênis Clube: Marlon, Felipe Roque, Flávio, Pétrus, Bisset, Bob e Rogerinho (líbero)
entraram: Davy, Carísio, Honorato e Quintana.
técnico: Nery Tambeiro

Sesi-SP: William, Alan, Lucão, Gustavão, Douglas Souza, Lipe e Pureza (líbero)
entraram: Vaccari, Evandro, Franco, Renato e Piá
técnico: Rubinho

foto: Orlando Bento / Minas Tênis Clube

Nenhum comentário:

Postar um comentário