sábado, 25 de novembro de 2017

(Superliga) EMS Taubaté/Funvic e Vôlei Renata fazem duelo paulista no Abaeté

Pela 8ª rodada da Superliga 2017/2018, EMS Taubaté/Funvic e Vôlei Renata se enfrentam, neste sábado, às 19h30min, no ginásio Abaeté. Atualmente na 3ª colocação, com 18 pontos, o time do Vale do Paraíba quer vencer mais uma para seguir na briga pela liderança, enquanto a equipe de Campinas, hoje no 7º lugar, com nove pontos, quer vencer para melhor sua posição na tabela.

De olho na vice-liderança, que hoje é do Sesc-RJ, com 22 pontos, o EMS Taubaté/Funvic volta à quadra com a ‘faca nos dentes’ após perder um ponto no duelo contra o Montes Claros, onde venceu no tie-break. Para esta partida, o técnico Daniel Castellani só tem como dúvida o central Otávio, que segue em tratamento no departamento médico. 

“A expectativa é a melhor possível para esse jogo contra o Campinas. Temos treinado forte nesta semana e o que o time precisa melhorar é na regularidade. No saque, temos momentos bons, mas acontecem caídas ao longo do jogo. Temos que melhorar isso e manter um serviço consistente o jogo todo. Um bom saque gera dificuldade ao adversário. Isso pode ser essencial para o decorrer do campeonato”, afirmou o oposto Wallace.

Após duas derrotas seguidas para Corinthians/Guarulhos e Sesi-SP, todos no Vôlei Renata só pensam na recuperação, independente de atuar na casa do adversário. As equipes se enfrentaram no Campeonato Paulista e o time de Campinas venceu por 3 a 1, jogando no ginásio do Taquaral. Apesar do bom resultado, a expectativa é por uma partida completamente diferente neste final de semana. 

“Enfrentaremos um time totalmente modificado, com muitos jogadores de qualidade. Então a expectativa é por um duelo muito complicado, ainda mais por ser fora de casa. Precisamos estar atentos o jogo inteiro e ter frieza para superar os momentos de dificuldades que vamos enfrentar”, comentou o líbero Facundo Santucci, que foi comandado por Daniel Castellani, atual técnico de Taubaté, na última temporada no Noliko Maaseik, da Bélgica.

“Eu conheço como ele pensa o jogo, como gosta de montar suas equipes, mas ele me conhece também. É estranho. Conseguimos chegar à final na primeira temporada que estivemos lá. Então só tenho memórias boas. O Castellani me ajudou muito na Europa, assim como o Horacio está me ajudando neste ano”, acrescentou Santucci.

Equipes:

EMS Taubaté/Funvic: Raphael, Wallace, Solé, Rafael, Ivovic, Dante e Thales (líbero)
técnico: Daniel Castellani

Vôlei Renata: Rodriguinho, Krauchuk, Vini, Salsa, Diogo, Tiago Mão e Santucci (líbero)
técnico: Horacio Dileo

foto: Rafinha Oliveira/Funvic Taubaté

Nenhum comentário:

Postar um comentário