quinta-feira, 2 de novembro de 2017

(Superliga) Em grande jogo, EMS Taubaté/Funvic derrota líder Sada/Cruzeiro

Um grande jogo. Assim pode ser definida a partida entre EMS Taubaté/Funvic e Sada/Cruzeiro, que foi antecipada da 11ª rodada da Superliga 2017/2018. Um ginásio do Abaeté lotado viu os donos da casa vencerem por 3 sets a 2, com parciais de 21/25, 26/24, 28/26, 24/26 e 15/6, resultado que quebrou a invencibilidade dos mineiros na competição. Apesar da derrota, a Raposa segue na liderança, com 12 pontos, enquanto o time do Vale do Paraíba é o 3º colocado, com oito pontos.

O primeiro ponto da partida já foi bastante disputado e saiu com Lucarelli, do EMS Taubaté/Funvic, explorando o bloqueio adversário. O Sada/Cruzeiro respondeu com Simon. O set seguiu com as equipes trocando pontos. No ace de Wallace, 5 a 4. No bloqueio de Simon, o time cruzeirense abriu dois de vantagem: 8 a 6. Com Wallace, a equipe da casa encostou em 9 a 10. No ponto de saque de Leal, o time visitante abriu 14 a 11 e Castellani pediu tempo. Em grande passagem de Leal pelo saque, o Sada/Cruzeiro chegou a 17 a 11. No erro de saque do adversário, o grupo mineiro marcou 20 a15. No bloqueio de Otávio, o Taubaté reduziu a diferença no placar: 19 a 22. Mas, o Sada/administrou a vantagem e fechou em 25 a 21.

Dante abriu o placar do segundo set com uma largadinha. Em combinação de Raphael com Otávio, o time da casa colocou um de frente em 4 a 3. No ace de Wallace, os donos da casa abriram três de vantagem (6 a 3) e Marcelo Mendez pediu tempo. Em mais uma eficiente passagem de Leal pelo saque, o Sada/Cruzeiro assumiu o comando do set: 7 a 6. O EMS Taubaté Funvic voltou a assumir o marcador e fez 9 a 7. No bloqueio de Filipe, foi a vez do time cruzeirense fazer 10 a 9. Depois de boa defesa de Thales, Dante pontuou e a equipe da casa fez 13 a 12. Com ace de Simon, o Sada marcou 15/14. Depois de uma bola bastante disputada, Lucarelli pontuou e Taubaté fez 16 a 15. No lance seguinte, ponto de saque de Solé e 17 a 15. O Sada/Cruzeiro parou o jogo. No ponto de saque de Leal, o time mineiro empatou: 18 a 18. Com bloqueio de Simon, o grupo cruzeirense fez 20 a 19. Com Otávio pontuando no saque, Taubaté marcou 21 a 20. As equipes empataram em 22 a 22. Isac bloqueou e fez 24 a 23. No bloqueio de Dante, 26 a 24.

O EMS Taubaté/Funvic começou bem no terceiro set e, com Dante, abriu 4 a 1. O Sada Cruzeiro buscou e no bloqueio deixou tudo igual: 4 a 4. No erro do adversário, o time da casa colocou dois de vantagem em 7 a 5. A diferença aumentou para três em 10 a 7. O set esteve empatado em 13 a 13 e no bloqueio do levantador Raphael o time da casa fez 14 a 13. Mais um bloqueio de Taubaté, dessa vez com Otávio, e 15 a 13. Bloqueio de Raphael, e 16 a 13. Marcelo Mendez pediu tempo. A diferença a favor dos donos da casa aumentou em 18 a 14. No bloqueio, o Sada Cruzeiro reduziu a diferença (17 a 19). Castellani pediu tempo e na volta o time cruzeirense bloqueou (18 a 19). Evandro deixou tudo igual em 19 a 19. A reta final do set seguiu equilibrada. Dante fez 21 a 20. Empate em 23 a 23 e 25 a 25. No bloqueio de Raphael, 26 a 25. Simon respondeu. No ponto de saque de Raphael, 28 a 26.

O Sada/Cruzeiro começou bem e fez 4 a 2 logo no começo da quarta parcial. Com Lucarelli, o EMS Taubaté/Funvic deixou tudo igual: 4 a 4. Com Solé, o time da casa fez 6 a 5. Com Filipe bem no saque, a equipe cruzeirense virou o placar e fez 8 a 6. Simon pontuou e, com o marcador em 11 a 8, Daniel Castellani pediu tempo. Com Dante, a equipe da casa marcou 11 a 13. No bloqueio de Cachopa, o Sada/Cruzeiro chegou a 18 a 14, forçando o treinador da equipe paulista a pedir tempo. Taubaté diminuiu a diferença em 18 a 20 e, com Renan, encostou em 19 a 20. O grupo mineiro voltou a abrir em 22 a 19 e os donos da casa voltaram a encostar em 21 a 22. O Sada/Cruzeiro chegou a ter o ponto do set e depois de dois bons saques de Otávio, o Taubaté empatou em 24 a 24. Leal fechou o set em 26 a 24 a favor do Sada/Cruzeiro.

Disposto a vencer a partida, o EMS Taubaté/Funvic entrou com ritmo forte no set decisivo. Quando no bloqueio de Solé, em boa passagem de Raphael pelo saque, a equipe da casa abriu 4 a 0, Marcelo Mendez pediu tempo. No ace de Solé, o time paulista marcou 7 a 2. O placar ainda foi a 9 a 2. Otávio marcou 12 a 5 a favor do Taubaté. No final, vitória do EMS Taubaté/Funvic por 15 a 6.

“Ganhar é muito bom, mas ganhar de uma equipe do nível do Sada Cruzeiro é ainda melhor. Estou muito feliz. O time jogou bem e resistiu a pressão, porque é muito difícil jogar contra eles. Agora é comemorar um pouco porque o time merece. Fazia tempo que buscávamos ganhar uma partida deles e isso é bom, mas temos que saber que foi só um pequeno passo. Temos que dar muitos passos ainda nessa Superliga, que é uma competição bem longa”, afirmou o ponteiro Lucarelli, eleito o melhor em quadra.

“Foi um jogo intenso, com quatro sets muitos disputados e depois o tie-break foi todo deles, da equipe de Taubaté. Ao todo, foram 98 erros de ataque e saque na partida, somando as duas equipes. Isso é atípico. Pecamos também em momentos decisivos. A gente vem de uma sequência grande de jogos, muita viagem, mas estamos preparados para isso. Teremos que seguir trabalhando muito e corrigir o que for preciso”, afirmou o técnico Marcelo Mendez.

O EMS Taubaté/Funvic volta à quadra no próximo domingo, às 13h, quando receberá o Lebes Canoas, no ginásio Abaeté. Já o Sada/Cruzeiro encara nesta sexta-feira, às 20h, o Ponta Grossa/Caramuru, na Arena Multiuso.

Equipes:

EMS Taubaté/Funvic:
Rapha, Wallace, Solé, Otávio, Lucarelli, Dante e Thales (líbero)
entraram: Paulo Renan, Renan, Ivovic, Ruiz, Rafael e Matheus
técnico: Daniel Castellani

Sada/Cruzeiro: Uriarte, Evandro, Isac, Simon, Filipe, Leal e Serginho (líbero)
entraram: Rodriguinho e Cachopa
técnico: Marcelo Mendez

foto: Rafinha Oliveira/EMS Taubaté Funvic

Nenhum comentário:

Postar um comentário