quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Situação de Sérgio Felix no Qatar mostra a falta de garantias de um atleta

Ser um atleta não é fácil e não precisa ser um para entender isso. Abdicar de horas com a família e amigos seja para treinar, entrar em quadra ou viajar com a equipe, faz com que muitos desistam pelo caminho. Quando se alcança a profissionalização, o que se imagina é a possibilidade de, através do seu talento, conquistar uma estabilidade financeira e garantir um futuro interessante, ainda mais que o tempo no esporte é curto. Infelizmente, o panorama, em alguns momentos, é bem distante disso.

Na última semana, o ponteiro Sergio Felix, que recentemente disputou a Taça Ouro pelo Corinthians/Guarulhos, relatou a péssima experiência que teve no exterior. O Qatar Sport (clube com quem assinou contrato) não pagou seu salário por dois meses e sem motivo algum encerrou seu vinculo, deixando o jogador desamparado em outro país. Impedido de entrar no clube e sem dinheiro por cerca de 40 dias, ele teve que contar com o apoio de outros brasileiros na região.

Sergio Felix garante que entrará com uma denúncia formal ao clube catari na Federação Internacional de Vôlei e o que todos nós esperamos é uma punição severa. Entretanto, infelizmente, essa não é a primeira e não deve ser a última vez que um jogador (seja brasileiro ou não) fica sem garantias e completamente isolado fora de seu país. A FIVB se preocupa com as taxas de transferências e esquece da importância de cuidar e de avaliar cada clube e federação que faz parte de sua entidade.

Não podemos esquecer que sem os atletas não há vôlei e histórias como a de Sérgio Felix só assustam ainda mais aqueles que buscam um ‘lugar ao sol’ neste mercado já concorrido. Não vamos longe, pois podemos ver aqui mesmo na nossa aldeia, leia-se Brasil, que alguns clubes prometem e não cumprem, enquanto os jogadores buscam alternativas para não ficarem sem atuar e, muitas vezes, ignoram questões básicas de salário em dia e boas condições de moradia para estarem na ativa.

A boa notícia é que Sergio Felix já acertou contrato com um novo clube, o Omonia Nicosia, atual campeão do Chipre. 

foto: Omonia Nicosia/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário