Kadu tem suspensão reduzida e deve voltar as quadras em agosto de 2018

Carlos Eduardo Barreto Silva, mais conhecido como Kadu, que na última temporada defendeu o Vibo Valentia, da Itália, recebeu uma boa notícia na última semana. Isso porque, sua pena em virtude de doping (uso de creme para a pele, que continha a substancia clostebol) foi reduzida de dois anos para um ano e três meses, ou seja, o jogador brasileiro terá condições de voltar as quadras em agosto de 2018. 

Aos 22 anos, o ponteiro já defendeu Pinheiros, Olympico, Sada/Cruzeiro e o Montes Claros antes de ir para o voleibol italiano, onde vinha se destacando e sendo observado pela comissão técnica da Seleção Brasileira. O jogador esteve em todas as seleções de base e fica a expectativa para que volte a mostrar seu melhor voleibol após o final da punição.

Kadu testou positivo em exame realizado após a partida contra o Civitanova, em 8 de março, e segundo sua defesa, a National Anti-Doping Court of Italy entendeu que o jogador brasileiro tomou a substância ilegal sem querer e por isso ocorreu a diminuição de pena. Entretanto, ele não foi absolvido, já que todo atleta é responsável (independente de saber ou não da substância) por aquilo que consome ou utiliza.

foto: Vibo Valentia/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio