quarta-feira, 1 de novembro de 2017

FIVB erra em documento oficial e Leal só jogará pelo Brasil em 2019

Um erro de digitação no documento enviado a Confederação Brasileira de Vôlei pela Federação Internacional de Voleibol causou muita confusão. No oficio de ontem, o ponteiro Leal teria condições de vestir a camisa da Seleção Brasileira a partir de março, porém hoje, a FIVB divulgou uma nota oficial informando que a data está errada, ou seja, o ano certo é 2019.

O caso mostra um amadorismo absurdo da principal entidade que controla o voleibol, já que imagina a situação do atleta, que em menos de 24 horas viu a sua situação mudar, em meio a um clássico pela Superliga (Sada/Cruzeiro e EMS Taubaté/Funvic jogam nesta quarta-feira, no Abaeté). A FIVB pediu desculpas em nota oficial, tanto para Leal quanto para a Confederação Brasileira de Vôlei.

Confia a nota:

A FIVB deseja esclarecer que devido a um erro administrativo, foi afirmado erroneamente que o jogador de voleibol do Cruzeiro, o Sr. Yoandry Leal Hidalgo, poderia representar o Brasil a partir de 3 de março de 2018.

Na realidade, o Sr. Yoandry Leal Hidalgo não poderá representar o Brasil - em competições internacionais (incluindo jogos não competitivos) - até 29 de abril de 2019, de acordo com o Artigo 5.5.2 do Regulamento Esportivo da FIVB, que estabelece que:

“No entanto, se o jogador jogou anteriormente para outra equipe nacional, ele será elegível para jogar para uma equipe nacional da nova Federação somente após dois (2) anos consecutivos. O período de dois anos começa a partir do dia em que o FIVB recebe o arquivo de inscrição completo, contendo todos os documentos necessários”

Após a apresentação de um pedido incompleto em 3 de março de 2016, a Federação de Origem do Sr. Leal, Cuba, apresentou um pedido completo em 30 de abril de 2017. Isso foi aprovado formalmente pelo Comitê Executivo da FIVB durante sua reunião em Marraquexe em 4 de maio de 2017.

O período de dois anos para o Sr. Leal começou em 30 de abril de 2017 e terminará em 29 de abril de 2019. Ele só estará disponível para a seleção brasileira a partir de 30 de abril de 2019.

A FIVB oferece suas sinceras desculpas ao CBV e ao Sr. Leal por este erro administrativo e por qualquer inconveniente causado.

foto: Renato Araujo/Sada/Cruzeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário