sábado, 28 de outubro de 2017

(Superliga) Sada Cruzeiro vence Copel Telecom/Maringá e segue único invicto

Jogando no ginásio Chico Neto, o Sada/Cruzeiro venceu o Copel Telecom/Maringá por 3 sets a 1, parciais de 18/25, 25/15, 19/25 e 16/25, pela 3ª rodada da Superliga 2017/2018. Com o resultado, o time celeste chegou aos 11 pontos e segue como o único invicto, enquanto a equipe paranaense, que continua na lanterna, ainda não pontuou na competição. 

Após uma viagem até Maringá, que durou nada menos que 18 horas, entre a saída de Belo Horizonte, conexões e uma noite passada no aeroporto de Guarulhos, o Sada/Cruzeiro encontrou forças para entrar em quadra. O primeiro set começou equilibrado, com ninguém conseguindo abrir dois pontos, até Simon ir ao saque e ajudar os visitantes a colocar 10 a 12. Com mais volume de jogo, o time mineiro foi abrindo vantagem: 16 a 20 e no final administrou o placar e fechou por 18 a 25.

No segundo set, o Copel Telecom/Maringá entrou com ‘a faca nos dentes’ e foi para cima. Apesar do forte ataque do adversário, os donos da casa faziam bonito no sistema defensivo, colocando 9 a 6 no placar. Com grande trabalho de Ricardinho, apostando no oposto Alisson Bastos e nas jogadas de velocidade, o time paranaense conseguiu abrir vantagem e aproveitando os erros do adversário: 18 a 12. No final, impondo seu ritmo, os donos da casa fecharam em 25 a 15.

O Sada/Cruzeiro volta para o terceiro set mais atento e concentrado, conseguindo forçar mais o saque e quebrando o passe adversário, tirando assim a bola das mãos de Ricardinho. Com 10 a 12 no placar, o time celeste impõe seu ritmo e na força e talento do cubano Leal, que anotou 16 pontos na partida, abriu vantagem no placar, chegando a fazer 13 a 17. No final, com grande atuação dos visitantes, o Copel Telecom/Maringá não conseguiu segurar os mineiros, que fecharam em 19 a 25.

No quarto set, o equilíbrio seguiu em quadra, com as duas equipes forçando muito o saque. Após uma caixinha no saque do ponteiro Filipe, o Sada/Cruzeiro abriu 9 a 11, pequena vantagem que foi importante para a sequência da parcial. Os comandados de Marcelo Mendez aproveitaram os erros do adversário apara abrirem no placar e sem muitas dificuldades fecharam o período em 16 a 25.

“Hoje foi um jogo muito difícil para nós, pelas circunstâncias em que chegamos a Maringá. Nunca disputei uma partida nesse tipo de situação, sem sequer ter treinado antes no local. Mas foi importante ver o quanto o time reage a essas dificuldades. Entramos em quadra para dar o nosso máximo. O time deles soube jogar, fez pressão quando podia, então foi uma boa partida. A nossa equipe não sacou muito bem, mas foi encontrando o melhor ritmo ao longo do jogo. O mais importante era sair daqui com a vitória, independentemente de qualquer placar”, disse o central Isac.

O Sada/Cruzeiro encara o EMS Taubaté/Funvic na próxima quarta-feira, às 19h, no ginásio Abaeté, em partida antecipada da 11ª rodada. Já o Copel Telecom/Maringá joga na quinta-feira, às 19h, diante do Sesc-RJ, no ginásio do Tijuca.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Nico Uriarte, Evandro, Filipe, Leal, Simon, Isac e Serginho (líbero)
entraram: Rodriguinho, Fernando Cachopa e Alemão
técnico: Marcelo Mendez

Copel Telecom/Maringá:
Ricardinho, Alisson, Caio, Alê, Ialisson, Wender e Daniel (líbero)
entraram: Bruno, Matheus, Johan, Jean e Gian
técnico: Renato Junior

foto: Rodrigo Araujo/Copel Telecom Maringá

Nenhum comentário:

Postar um comentário