sexta-feira, 27 de outubro de 2017

(Superliga) Ponta Grossa/Caramuru recebe o reforçado EMS Taubaté/Funvic

A 3ª rodada da Superliga 2017/2018 começa nesta sábado, às 18h, quando o Ponta Grossa/Caramuru recebe o EMS Taubaté/Funvic, na Arena Multiuso. A equipe paranaense, que está no 11º lugar, ainda não pontuou na competição e busca a primeira vitória, enquanto o time do Vale do Paraíba, que aparece na 6ª colocação, com três pontos, quer embalar de vez, mesmo atuando longe de seus domínios.

Mesmo com as derrotas para Vôlei Renata e Sesi-SP, em casa, nos dois primeiros jogos, o clima é de tranquilidade no Ponta Grossa/Caramuru. A boa notícia é que o técnico Fabio Sampaio terá todos os jogadores à disposição, apesar de Leo Jack e o colombiano Zapata ainda não estarem como se espera na parte física. Por outro lado, a atuação contra os paulistanos, na rodada passada, agradou pela dedicação em quadra.

“O Departamento Médico liberou todos os atletas. A semana foi extremamente de trabalho, com uma rotina pouco mais acostumada, todos já alocados em residência, apartamentos, com academia fixa, tudo isso conta no resultado final (...) Na nossa modéstia, vamos tentar ir pra cima, estamos trabalhando para isso, para explorar pontos fracos que Taubaté apresenta. Tentaremos manter crescimento da equipe do primeiro pro segundo jogo para tentar iniciar a pontuação na tabela e uma classificação melhor para tentar conseguir o nosso objetivo, que é permanecer na Superliga e, ano que vem, ter equipe extremamente competitiva”, comentou, citando que a partida será difícil como as diversas que vai ter, pela presença de grandes ídolos”, afirmou o técnico Fábio Sampaio.

No SEM Taubaté/Funvic, a derrota para o Sesc-RJ na rodada inaugural ficou no passado, ainda mais com a boa vitória imposta sobre o Copel Telecom/Maringá. O técnico Daniel Castellani ainda não divulga se colocará ou não o ponteiro Ivovic desde o início do confronto, mas o grande destaque fica por conta do levantador Rapha que fará seu 250º jogo pela Superliga.

“Fico feliz por completar essa marca depois de ter jogado durante tanto tempo fora do Brasil (...) Acho que o mais especial desses 249 jogos foi o primeiro que joguei pelo Banespa, em 98. Comecei a partida como titular contra a Ulbra porque o Leandro se machucou. Foi muito marcante para mim”, lembra o levantador, que não deixou de falar sobre o adversário deste sábado.

“Tivemos mais um pouco de tempo para trabalhar, para entender a filosofia do novo treinador. O mecanismo vai se encaixando nisso tudo aos poucos e a gente vai lapidando o que tem de ser melhorado no nosso time (...) Apesar de não ter grandes nomes, é um time que vem buscando espaço. Temos que estar ligados e colocar em prática o que estamos treinando”, afirmou o levantador Rapha.

“Foi importante a vitória na última partida, isso dá mais tranquilidade. Agora nós temos que manter o volume de jogo e fazer uma partida boa. Assim a vitória virá naturalmente”, comentou o treinador Daniel Castellani.

Equipes:

Ponta Grossa/Caramuru: Índio, Leozão, Peron, Leonardo, Thales, Maycon e Jorge Bruno (líbero)
técnico: Fábio Sampaio

EMS Taubaté/Funvic: Rapha, Wallace, Lucarelli, Dante, Solé, Rafael e Thales (líbero)
técnico: Daniel Castellani

foto: José TramontiPonta Grossa Caramuru Vôlei

Nenhum comentário:

Postar um comentário