quinta-feira, 26 de outubro de 2017

(Superliga) No Riachão, Sada/Cruzeiro vence Sesi-SP e alcança liderança

Em jogo antecipado da 10ª rodada da Superliga 2017/2018, o Sada/Cruzeiro derrotou o Sesi-SP por 3 sets a 1, parciais de 26/24, 25/23, 21/25 e 25/21, no ginásio do Riacho, em Contagem. Essa foi a terceira vitória consecutiva do time do treinador Marcelo Mendez, que agora alcança a liderança, com oito pontos, enquanto a equipe paulistano sofreu seu primeiro revés na competição.

O primeiro set começou equilibrado. Com um ataque rápido do central Simón, o Sada/Cruzeiro fez 9 a 7. O central Lucão e o ponteiro Lipe cresceram de produção e o Sesi-SP empatou (14 a 14). Quando o ponteiro Lipe fez um ponto de saque (17 a 16), o treinador do Sada/Cruzeiro, Marcelo Mendez, pediu tempo. A paralisação fez bem ao time mineiro que virou o marcador e abriu dois pontos (20 a 18). O final da parcial foi disputado ponto a ponto. Comandados pelo central Simón, o Sada/Cruzeiro venceu o primeiro set por 26 a 24.

O segundo set teve o início marcado pelo equilíbrio. Jogando com velocidade, o time paulista abriu três pontos (9 a 6). O central Simón conseguiu um ponto de saque e os cruzeirenses encostaram (10 a 9). O saque dos paulistas voltou a dificultar a recepção dos mineiros e a diferença no placar subiu para quatro pontos (13 a 9). O Sada/Cruzeiro cresceu de produção e encostou (18 a 16). Se aproveitando dos erros dos paulistas, o time da casa virou o marcador (20 a 19). Numa bola pelo fundo do ponteiro Leal, o Sada Cruzeiro levou a melhor no segundo set por 25 a 23.

O terceiro set começou disputado ponto a ponto. O treinador Rubinho trocou os centrais. Entrou Gustavão e saiu Aracaju. A substituição fez bem aos visitantes que viraram o marcador (11 a 8). Bem no bloqueio, o time da capital paulista abriu cinco pontos (17 a 12). Quando os visitantes fizeram 21 a 15, o treinador Marcelo Mendez pediu tempo. O Sesi-SP seguiu melhor até o final e venceu a terceira parcial por 25 a 21.

O quarto set também iniciou equilibrado. Com um ponto de ataque do ponteiro Leal, o Sada Cruzeiro fez 7 a 6. Se aproveitando dos erros dos visitantes, os mineiros abriram dois pontos (10 a 8). Bem no bloqueio, os donos da casa fizeram 16 a 14. Liderados pelo levantador Uriarte, os donos da casa dominaram a parte final da parcial e venceram o set por 25 a 21.

“Foi um lindo jogo, diante de um time como o Sesi. Com certeza toda a nossa equipe tinha muita gana de jogar. Foi um combate muito agressivo, com as equipes dando o seu máximo. Fico muito contente também por receber este prêmio e ter o apoio desta nossa torcida, que é muito linda. É uma responsabilidade e uma satisfação muito grande defender um time como o Sada/Cruzeiro. Com certeza temos muito a melhorar e crescer ainda mais”, explicou o levantador Uriarte, eleito o melhor em quadra.

“Eu gostei do jogo de hoje, apesar do resultado, nosso time foi bem. O Cruzeiro é um time montado, que já vem com a mesma base há um tempo. Temos que saber ganhar de time grande. Nós tivemos muitas oportunidades para fechar o primeiro e segundo set e não conseguimos, erramos. Mas estamos no caminho certo sim”, afirmou o levantador William.

As duas equipes voltarão à quadra neste sábado. O Sada/Cruzeiro enfrentará o Copel Telecom/Maringá, às 18h30min, no ginásio Chico Neto. Já o Sesi-SP lutará pela reabilitação contra o Lebes Canoas, no ginásio La Salle.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Uriarte, Evandro, Filipe, Leal, Simón, Isac e Serginho (líbero)
entraram: Éder Levi, Rodriguinho e Alemão
técnico: Marcelo Mendez

Sesi-SP: William, Alan, Lipe, Douglas, Lucão, Aracaju e Pureza (líbero)
entraram: Evandro, Franco, Piá e Gustavão
técnico: Rubinho

foto: Amanda Demétrio/Fiesp

Nenhum comentário:

Postar um comentário