domingo, 29 de outubro de 2017

(Superliga) No encerramento da rodada, Sesc-RJ vence Corinthians/Guarulhos

No encerramento da 3ª rodada da Superliga 2017/2018, o Sesc-RJ derrotou o Corinthians/Guarulhos por 3 sets a 1, parciais de 25/16, 21/25, 25/21 e 25/21, na Jeunesse Arena, no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro. Com o resultado, os cariocas chegaram aos sete pontos e aparecem na 4ª colocação, enquanto o time paulistano está na 9ª posição, com dois pontos ganhos.

Tiago Barth abriu a partida com ponto para o Sesc-RJ. O Corinthians/Guarulhos respondeu, virou o placar depois de bom saque de Rodrigo Ribeiro e fez 2 a 1. Em boa passagem de Renan pelo saque, a equipe carioca reassumiu o comando do marcador e fez 6 a 3. No ace de João Rafael, 9 a 4 e pedido de tempo do time paulista. Maurício Borges fez 12 a 7. Quando o placar foi a 14 a 7, Alexandre Stanzioni fez mais um pedido de tempo. O Corinthians/Guarulhos buscou e reduziu a diferença no placar para 10 a 14. Na largadinha de João Rafael, o Sesc-RJ voltou a abrir vantagem: 17 a 11. No ace de Renan, 19 a 13. Maurício Borges fez 22 a 15. No ponto final do set, Renan contra-atacou e o Sesc-RJ fechou em 25 a 16.

O Corinthians-Guarulhos começou melhor no segundo set e, no bloqueio de Riad, fez 2 a 0. No ace de Tiago Barth, o Sesc-RJ chegou ao ponto de empate (4 a 4) e no bloqueio assumiu o comando do marcador em 5 a 4. O placar voltou a ficar igual em 6 a 6. O time da casa voltou a abrir vantagem e o Corinthians-Guarulhos encostou em 9 a 10 com ponto de bloqueio. No erro do adversário, a equipe visitante marcou 13 a 12 e Giovane pediu tempo. O Corinthians chegou a abrir três de vantagem em 16 a 13. No bloqueio de Riad, o Timão fez 20 a 16. Rivaldo pontuou pela saída de rede e o Corinthians chegou a 22 a 17. No final, no erro do adversário, o time de Guarulhos fechou em 25 a 21.

O Corinthians-Guarulhos abriu o placar do terceiro set com ponto de bloqueio. O Sesc-RJ respondeu no ataque de João Rafael. No bloqueio de Maurício Souza, o time da casa fez 4 a 2 e com ace de Tiago Bart, 5 a 2. Depois de uma bola bastante disputada, o Sesc-RJ pontuou com Renan e chegou a 9 a 6. Quando o placar marcou mais um a favor da equipe carioca, Stanzioni pediu tempo. Em boa passagem de Maurício Souza pelo saque, os donos da casa ainda chegaram a 12 a 6. No ace de Thiaguinho, 14 a 7. Com João Rafael no ataque, o placar foi a 16 a 8. No erro do adversário, o time da casa marcou 20 a 12. O Corinthians-Guarulhos buscou e reduziu a diferença para 15 a 20. Giovane pediu tempo e, na volta, o adversário marcou mais dois pontos, fazendo 17 a 20. O treinador do Sesc RJ parou de novo. Após levantamento de Maurício Borges, Renan pontuou e os donos da casa fizeram 22 a 18. O time carioca fechou em 25 a 21.

Sem se deixar abater pelo placar negativo, o Corinthians/Guarulhos entrou em quadra com ritmo forte no quarto set e, no bloqueio de Riad, abriu 3 a 0. O Sesc RJ reagiu e, em boa passagem de Maurício Borges pelo saque, chegou ao ponto de empate em 3 a 3. Maurício Souza contra-atacou e deixou o set igual: 6 a 6. No ponto de saque de Maurício Souza, o Sesc RJ abriu três de vantagem (11 a 8) e Alexandre Stanzioni pediu tempo. No erro do adversário, a equipe carioca chegou a 14 a 11. João Rafael marcou 16 a 13. No bloqueio de Maurício Souza, 19 a 15. O Corinthians-Guarulhos aproximou no placar fazendo 18 a 20. Maurício Borges aumentou a vantagem fazendo 22 a 18. A reta final do set voltou a ser bem disputada. No ace de Rivaldo, o Corinthians encostou em 23 a 24. Mas, o Sesc-RJ fechou em 25 a 23.

“Tivemos paciência e jogamos juntos. Assim conseguimos essa vitória. No segundo set, quando perdemos, bateu um pouco de nervosismo, não estávamos acertando e isso atrapalhou. Logo depois, conseguimos manter a calma e ainda no finalzinho do segundo voltamos a jogar bem. Entramos no terceiro ainda mais focados, mantivemos isso no quarto e conseguimos o resultado”, disse o ponteiro João Rafael.

“A sensação da vitória é boa, mas o nosso time podia fazer mais. O Corinthians-Guarulhos mudou o saque, passou a sacar um pouco mais curto, quebrando nossa combinação de ataque e tivemos que arrumar uma solução ao longo do jogo. Como é começo de temporada, a equipe ainda vai se ajustando, mas, sem dúvida, essa é uma vitória importante para o Sesc RJ”, afirmou o técnico Giovane Gávio.

“Tivemos algumas falhas técnicas, principalmente em relação a ajuste de bola e isso pode ser pelo ginásio, que é muito maior e essa referência sempre dá diferença. Falhamos um pouco na hora que eles aliviaram um pouco as bolas para o nosso time. Quando o adversário está com dificuldade, e joga a bola para a gente, temos que ter qualidade para fazer o ponto e não dar o ponto para o adversário. Esses pontinhos fazem a diferença no final”, analisou o treinador Alexandre Stanzioni.

Na próxima quinta-feira, às 19h, o Sesc-RJ receberá o Copel Telecom/Maringá, no ginásio do Tijuca Tênis Cube, no Rio de Janeiro. Já o Corinthians/Guarulhos jogará no sábado, às 11h, contra o Montes Claros, no ginásio da Ponte Grande.

Equipes:

Sesc-RJ: Thiaguinho, Renan, Maurício Souza, Tiago Barth, João Rafael, Maurício Borges e Tiago Brendle (líbero)
entraram: Juninho e Everaldo
técnico: Giovane Gávio

Corinthians/Guarulhos:
Rodrigo Ribeiro, Rivaldo, Luizinho, Riad, Mineiro, Ygor Ceará e Serginho (líbero)
entraram: Gabriel, Matoso, Fábio e Alan
técnico: Alexandre Stanzioni

foto: July Stanzioni/Corinthians-Guarulhos

Nenhum comentário:

Postar um comentário