sábado, 14 de outubro de 2017

(Superliga) Confronto entre JF Vôlei e Minas Tênis Clube agita o sábado

Neste sábado, às 18h, na rodada inaugural da Superliga 2017/2018, o JF Vôlei recebe o Minas Tênis Clube, no ginásio da UFJF. As duas equipes já se enfrentaram por duas oportunidades nesta temporada e cada uma venceu um duelo pela fase classificatória do Estadual. Desta vez, a competição é outra e os times chegam com novidades em seus elencos para esse confronto regional.

Após ingressar nos playoffs pela primeira vez na Superliga passada, o JF Vôlei tenta novamente alcançar o feito, mas todos no clube sabem que a tarefa não será das mais fáceis. Com um orçamento menor do que da temporada anterior, a equipe mineira aposta ainda mais nos jovens cedidos pelo Sada/Cruzeiro, com destaque para o central Rômulo, que chegou a disputar o Estadual pela Raposa, mas retornou a Zona da Mata. Quem pode ser o diferencial é o oposto Emerson Rodriguez, da seleção venezuelana.

“Uma estreia contra uma grande equipe, que já vai mostrar como será a cara dessa Superliga, com jogos difíceis e com grandes adversários. Vamos enfrentar um time com bons atacantes, um ótimo levantador e muito forte em todos os setores. Então é importante entrar muito atento, jogando muito bem e com qualidade. O Campeonato Mineiro serviu para uma preparação de alto nível, então é entrar com muita força e atenção máxima para enfrentar esse adversário que é a equipe do Minas Tênis Clube”, declarou o técnico Henrique Furtado.

Tetracampeão e único time a participar de todas as edições da Superliga, o Minas Tênis Clube formou para essa temporada um elenco formado por jogadores experientes e jovens promessas da base. Na última semana, o técnico Nery Tambeiro ganhou um reforço importante, no caso, o central cubano Danger Quintana, de 2,01m e 23 anos, que anteriormente estava no Top Volley Latina, da Itália. Entretanto, para a estreia, a tendência é a manutenção do time que foi vice-campeão estadual.

“O JF Vôlei é um time com o saque e o bloqueio pesados, não podemos deixar que eles cresçam nesses fundamentos. Temos que manter o passe na mão do Marlon, pois, assim, ele terá mais facilidade para distribuir bem as bolas”, declarou o oposto Felipe Roque, um dos destaques da equipe na edição anterior.

“Disputarei minha quarta Superliga, não tenho tanta experiência assim, mas, com certeza, acredito que esta edição será bem difícil e equilibrada. Das 12 equipes participantes, pelo menos oito estão em alto nível, com jogadores olímpicos. Nosso time se preparou bem para o campeonato e está bem encaixado. Faremos jogos bem competitivos”, disse o central Flávio.

Equipes:

JF Vôlei:
Felipe Hernandez, Emerson Rodriguez, Rammé, Leozinho, Bruno, Rômulo e Juan Mendez (líbero)
técnico: Henrique Furtado

Minas Tênis Clube
: Marlon, Felipe Roque, Bisset, Mão, Flávio, Petrus e Rogerinho (líbero)
técnico: Nery Tambeiro

foto: JF Vôlei/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário