sábado, 7 de outubro de 2017

São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão joga todas suas fichas na Taça Prata

O São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão conheceu na última semana os seus adversários na Taça Prata, competição que dará vagas para a Superliga B. Após a eliminação precoce no Campeonato Paulista – Divisão Especial, todos na equipe comandada por Marcos Pacheco apostam em um bom resultado no torneio que ocorrerá de 23 a 28 de outubro na cidade de Itapetininga.

“Este é o nosso campeonato da temporada. Usamos o Estadual como preparação, contratamos três reforços (Fábio Paes, Brunão e Rafael), tivemos uma boa participação na Copa Copel Telecom, em Maringá, e estamos preparados para buscar o acesso à Superliga B. O Pacheco (Marcos, técnico) tem feito um excelente trabalho para colocar Ribeirão Preto nas competições nacionais de alto nível”, avaliou o supervisor da equipe, Dado Baptista.

Considerada a 3ª divisão nacional, a Taça Prata foi disputa pela primeira vez na temporada passada, no Rio de Janeiro, e dos sete times na disputa, quatro acabaram subindo para a Superliga B. Nesta edição ainda não se sabe quantas vagas estarão em jogo, mas o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão não pensa em dar chance ao azar e o objetivo é pelo menos ficar entre os dois primeiros.

A Taça Prata contará com oito times na disputa, sendo que além do São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão estão o UM Itapetininga, o Super Vôlei/Santo André e o São José Vôlei, todos de São Paulo; PM/Foz/Pousada Cataratas e o Fadep/Sudati/Palmas, ambos do Paraná, além dos mineiros de Conceição de Mato Dentro e da AA Nilton Lins, que representa o Amazonas.

foto: Rodrigo Araújo/Copel Telecom Maringá Vôlei

Nenhum comentário:

Postar um comentário