domingo, 8 de outubro de 2017

(Carioca) Sesc-RJ vence Botafogo na primeira partida e abre vantagem na final

Uma final disputadíssima. Assim pode ser definida a primeira partida entre Sesc-RJ e Botafogo pela decisão do Campeonato Carioca. Quem esteve no ginásio Oscar Zelaya, em General Severiano, viu os comandados de Giovane Gavio vencerem, de virada, por 3 sets a 1, parciais de 23/25, 25/22, 25/18 e 25/20. Os dois times voltam a se enfrentar na terça-feira, às 20h, no ginásio do Tijuca Tênis Clube.

As equipes entraram vibrantes em quadra. Alex Damião era muito acionado por Marcelinho e correspondia. O oposto comandou as viradas de bola e emplacou boa sequência de viagens e ajudou o Botafogo a abrir 13 a 9. Recuperado, os visitantes encostaram e os times mostraram o porquê de estarem decidindo a competição. Forçando o saque no fim da etapa, o Alvinegro saiu com a vitória por 25 a 23. 

Na volta para o segundo set, a linha de passe dos alvinegros não teve bom rendimento e contribuiu para o Sesc-RJ abrir vantagem de 16 a 11. Aos poucos, com trocas, o time da casa foi encurtando a distância. O técnico Mauro Lima substituiu Mark por Igor e inverteu, com Renan e Vítor. Em boa sequência de saques de Renan Michelluci, o Botafogo encostou no set point adversário. Com 24 a 22 e contra-ataque nas mãos, Marcelinho torceu o pé no bloqueio e decretou o fim da etapa. Como já havia estourado o limite de trocas, a parcial teve que ser fechada em 25 a 22.

O Botafogo sentiu ausência de seu levantador no terceiro set e com o Sesc-RJ apostando forte no saque e nos contra-ataques, a parcial terminou em 25 a 17. O experiente Marcelinho voltou no quarto período e o Botafogo retomou o equilíbrio, fazendo o duelo ser disputado ponto a ponto. As equipes caminharam para o fim do jogo, onde os visitantes conseguiram a vitória por 25 a 21.

“A gente vacilou no primeiro set com erros que não costumamos cometer. Temos uma equipe forte e mostramos isso nos sets seguintes. Vôlei é um jogo com três toques antes de passar a bola, é sempre bom ajudar a equipe, mas certamente foi um trabalho construído em conjunto”, avaliou o ponteiro João Rafael.

“O Botafogo jogou muito bem hoje e colocou pressão na gente. Começamos um pouquinho abaixo do nosso ritmo, todo o começo de temporada as equipes estão propensas a altos e baixos. A partir do segundo set jogamos como temos que jogar: forçando o saque, fomos bem na fase defensiva e vamos avançar no ataque, na fase ofensiva. Foi muito importante essa vitória e agora é se preparar para terça-feira”, afirmou o técnico Giovane Gavio.

foto: Carlos Erbs/Sesc-RJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário