quarta-feira, 11 de outubro de 2017

(Carioca) Sesc-RJ derrota o Botafogo e leva o bicampeonato

Jogando no ginásio do Tijuca Tênis Clube, o Sesc-RJ venceu o Botafogo por 3 sets a 0, parciais de 25/18, 25/22 e 25/23, e conquistou o título do Campeonato Carioca. Como ganhou no último sábado, em General Severiano, os comandados de Giovane Gavio fecharam a serie decisiva em 2 a 0 e puderam levantar a taça pela segunda vez consecutiva.

Empurrados pela sua torcida, o Sesc-RJ começou impondo seu jogo desde o início. Com João Rafael tendo destaque no ataque, Maurício Borges segurando o bloqueio e a boa distribuição de Everaldo, o time de Giovane Gavio conseguiu avançar com força no primeiro set, finalizando com placar de 25 a 18. O segundo set teve jogadas mais equilibradas entre os times, sendo disputado ponto a ponto, sendo que no final nova vitória do Sesc-RJ por 25 a 22. 

Mais preciso nas viradas de bola, o Botafogo comandou a maior parte do terceiro set. Entretanto, o Sesc-RJ teve força para reagir, com destaque para o levantador Everaldo, que fez três defesas importantes. Quando o placar marcava 17 a 16, o oposto Alex Damião tentou a defesa e se machucou, tendo que ser substituído por Renan. Na reta final, o Sesc-RJ soube aproveitar melhor os contra-ataques e concretizou a vitória em 25 a 23.

“O Carioca mostrou que temos pontos a ajustar, mas fechamos com resultado positivo. A equipe soube tirar o peso das bolas decisivas no momento certo e soube focar no resultado”, afirmou o ponteiro Juninho.

“A gente sabia que iria ter dificuldades, o time do Botafogo é muito forte, a ideia era jogar ponto a ponto. A conquista do título dá mais confiança. Chegamos ao resultado com força e determinação”, avaliou o levantador Everaldo.

“Não conseguimos entrar bem no jogo e depois fizemos dois sets muit equilibrados, com bons momentos. As lesões atrapalharam um pouco nas duas partidas, mas são coisas que acontecem. Podemos dizer que essa final serve para mostrar que vamos muito fortes para a Liga B e enfrentamos qualquer time de igual para igual quando jogamos bem. Agora é aproveitar o tempo de treinos para corrigir alguns pontos e chegar mais forte no nosso objetivo principal”, disse o levantador Marcelinho.

foto: Sesc-RJ/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário