terça-feira, 26 de setembro de 2017

Sada/Cruzeiro bate Personal Bolívar e fatura primeiro título da temporada

Campeão da Copa Ciudad de Bolívar! Assim começa a temporada 2017/2018 para o Sada/Cruzeiro, que na decisão venceu o Personal Bolívar por 3 sets a 2, parciais de 25/22, 25/14, 23/25, 19/25, e 17/15. O time celeste já havia derrotado o Sesc-RJ e o Ciudad Voley por 3 sets a 0 e 3 sets a 1, respectivamente e agora segue na Argentina para encarar a Copa Ciudad de Morón.

No confronto decisivo, o Sada/Cruzeiro entrou em quadra avassalador. Colocando praticamente todas as bolas no chão e sacando com muita eficiência, o elenco cruzeirense ainda emplacou um bloqueio quase intransponível nos dois primeiros sets. Foram 22 pontos do fundamento no jogo. No terceiro e quarto sets, o sistema defensivo dos donos da casa empatou o confronto. Emocionante, o tie-break foi disputado ponto a ponto até o final e terminou com mais um ponto de bloqueio azul.

“É uma emoção diferente! Naquele momento difícil do jogo, cheguei a pensar ‘não posso começar o ano com o pé esquerdo’. Mas ainda bem que conseguimos reverter o cenário e pude ajudar o time a conquistar o primeiro título. O Bolívar jogou muito bem, defendeu bastante e valorizou ainda mais a nossa conquista. Mas está aqui o nosso primeiro troféu e vamos com tudo porque tem muita coisa ainda por vir nesta temporada”, avisou o ponteiro Filipe.

“É sempre bonito ganhar, é para isso que a gente trabalha, para isso que a gente joga. É uma satisfação poder conquistar títulos, mas sobretudo ver que melhoramos o nosso jogo e o nosso entrosamento. Jogamos contra uma equipe que joga muito bem, defende muito e isso é muito bom para a nossa preparação. Viver essas situações de dificuldade serve muito para nos preparar para o que ainda está por vir na temporada, como a Superliga e, sobretudo, o Mundial”, disse o levantador Nico Uriarte, que conquistou seu primeiro título com a camisa azul.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Nico Uriarte, Evandro, Leal, Filipe, Simon, Isac e Serginho (líbero)
entraram: Fernando Cachopa, Alemão, Rodriguinho e Éder Levi
técnico: Marcelo Mendez

Personal Bolívar: Gonzales, Théo, Garcia, Penchev, Crer, Gauna e Alexis Gonzales (líbero)
entraram: Patti, Nikic, Galdon e Hernandez
técnico: Javier Weber

foto: Ana Flávia Goulart/Sada Cruzeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário