quarta-feira, 13 de setembro de 2017

(Paulista) Em confronto direto, Climed/Atibaia encara Vôlei Ribeirão no Elefantão

Em duelo válido pela 8ª rodada do Campeonato Paulista – Divisão Especial, a Climed/Atibaia recebe o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão, nesta quarta-feira, às 20h, no ginásio Elefantão. Na 7ª colocação, com quatro pontos, os comandados de Marcelo Paolinetti querem se firmar na zona de classificação, enquanto o time do técnico Marcos Pacheco, hoje lanterna, com três pontos, busca se recuperar para ingressar nos playoffs.

A Climed/Atibaia chega para o confronto após realizar dois bons jogos, sendo uma derrota apenas no tie-break para o EMS Taubaté/Funvic e uma vitória sobre o Super Vôlei/Santo André. Jogando em seus domínios, a intenção é impor um jogo forte de saque e bloqueio, quebrando assim o passe adversário, ainda mais que a pressão estará do outro lado da quadra.

No São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão, a vitória é fundamental, independente de atuar fora de casa. Com uma equipe experiente, que conta com o central Giovanni, o oposto Leozão e o levantador Jotinha, é de se esperar que o time consiga não sentir a pressão pelo resultado, porém não ingressar nos playoffs seria algo fora dos planos da diretoria e de todos no clube. 

“É um jogo importante que pode decidir muita coisa. Hoje o Climed/Atibaia é um adversário direto e toda a concentração, todo o foco, está nesta partida. Nessa situação em que a gente vive hoje, o jogo é uma final. Ou vai a gente ou vão eles”, comentou o central Ualas.

“O jogo em Atibaia é decisivo. Não adianta pensar no sábado (jogo contra o Vôlei Renata) sem antes vencer na quarta-feira. Nosso time deixou de somar pontos, sets, e isso pode fazer a diferença, mas a classificação ainda é possível, desde que passemos pelo Atibaia”, comentou o treinador Marcos Pacheco.

foto: Climed/Atibaia/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário