domingo, 10 de setembro de 2017

(Paulista) Em Campinas, Vôlei Renata bate UM Itapetininga e assume o 4º lugar

Em duelo decidido nos detalhes, o Vôlei Renata derrotou o Um Itapetininga, por 3 sets a 1, parciais de 25/23; 19/25; 25/23 e 26/24, no ginásio Taquaral, em partida atrasada da 1ª rodada do Campeonato Paulista – Divisão Especial. Com o resultado, o time de Campinas chegou aos 12 pontos e retomou a 4ª colocação, enquanto os comandados de Fabiano Magoo pararam nos 10 pontos e caíram para o 5º lugar da tabela.

Mesmo jogando fora de casa, o UM Itapetininga não se intimidou e abrir boa vantagem logo no início (12 a 7). Depois de pedido de tempo de Horacio Dileo, os donos da casa cresceram. Com sistema defensivo funcionando bem, o Vôlei Renata passou a rodar contra-ataques e deixou tudo igual com Mão depois de bela defesa de Santucci (17 a 17). Em meio ao equilíbrio, o time de Campinas manteve a calma e levou o primeiro set em novo ataque de Mão: 25 a 23. 

Assim como a parcial anterior, o UM Itapetininga dominou o começo do segundo sete e novamente abriu boa vantagem. Apesar da reação campineira, com boa sequência de saque do jovem oposto Daniel, os visitantes mantiveram o bom ritmo imposto em quadra, com destaque para a força ofensiva da equipe. No final, 19 a 25 e tudo igual em sets 1 a 1.

A igualdade tomou conta do terceiro set. Os dois times trocaram pontos e se revezaram na frente do placar durante o início da parcial. Depois de bloqueio de Vini, o Vôlei Renata marcou 13 a 12 e começou a abrir vantagem, com boa sequência de defesas. Após contra-ataque de Renan, os campineiros marcaram 16 a 13 e obrigaram os visitantes a pedirem tempo. Os donos da casa não deixaram o ritmo cair e levaram a parcial 25 a 23.

O quarto set foi emocionante. Durante boa parte da parcial, o UM Itapetininga esteve a frente do placar, chegando a colocar seis pontos de diferença (9 a 15). Entretanto, com a entrada do central Júnior e empurrado pela torcida, o Vôlei Renata cresceu e depois de dois bloqueios seguidos, deixou tudo igual (20 a 20) após contra-ataque de Mão. Com o Taquaral de pé, os donos da casa mantiveram o bom momento, fecharam a parcial por 26 a 24. 

“Sabíamos das dificuldades, que seria uma partida decidida nos detalhes. A energia que veio das arquibancadas acabou fazendo a diferença, com certeza. A torcida nos empurrou nos momentos ruins do jogo e conseguimos buscar mais uma vitória. Agora é descansar e se preparar para o confronto de quarta-feira, que será tão complicado quanto este”, comentou o oposto Leandro Vissotto.

O Vôlei Renata volta às quadras contra o EMS Taubaté/Funvic, na próxima quarta-feira, às 20h, novamente no Ginásio do Taquaral. No mesmo dia, às 19h30min, o UM Itapetininga encara o Corinthians/Guarulhos, no ginásio da Ponte Grande.

foto: Vôlei Renata/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário